Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Notícias > 2017 > 01 > TRT da Paraíba terá novo presidente a partir de hoje

Notícias

TRT da Paraíba terá novo presidente a partir de hoje

Posse acontecerá no Centro Cultural Ariano Suassuna, às 15h30

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) terá, a partir desta segunda-feira (9), uma nova mesa diretora para o biênio 2017/2018. Às 15h30 acontecerá a Sessão Solene de Posse, no Centro Cultural Ariano Suassuna, no Tribunal de Contas do Estado, em Jaguaribe. O desembargador Eduardo Sergio de Almeida assumirá o cargo de Presidente e o desembargador Wolney de Macedo Cordeiro, assumirá a Vice-Presidente e a Corregedoria.

A transferência do cargo será feita pelo atual presidente do TRT, desembargador Ubiratan Delgado, que está concluindo seu biênio administrativo. Eduardo Sergio de Almeida será o 16º presidente do TRT13, que este ano completará 32 anos de instalação na Paraíba.

Composição atual

Atualmente o Tribunal do Trabalho da Paraíba tem a seguinte composição: Ubiratan Moreira Delgado, presidente; Eduardo Sergio de Almeida, vice-presidente e corregedor; Ana Maria Madruga, Francisco de Assis Carvalho e Silva, Carlos Coelho de Miranda Freire, Edvaldo de Andrade, Paulo Maia, Wolney de Macedo Cordeiro, Leonardo Trajano e Thiago de Oliveira Andrade.

Desembargador Eduardo Sergio de Almeida

Breve perfil

O desembargador Eduardo Sergio de Almeida concluiu o curso de Direito pela Universidade Federal de Pernambuco no ano de 1975. Foi advogado militante por mais de 13 anos, trabalho iniciado ainda como estudante, em 1974.

Aprovado no concurso para juiz do trabalho na Paraíba, assumiu o cargo no dia 17 de fevereiro do ano de 1987, atuando, como titular, nas Varas do Trabalho de Guarabira, Itabaiana e 7ª Vara de João Pessoa. Assumiu o cargo de desembargador no Tribunal do Trabalho da Paraíba em agosto de 2011.

Antes da magistratura foi advogado da Fundação de Ensino Superior de Pernambuco – FESP, atualmente Universidade de Pernambuco, no período de 1977 a 1987. Foi procurador Judicial do Município do Recife de 1982 a 1987 e ex-professor de Introdução ao Direito nas Faculdades Integradas do Recife (FIR).

Foi aprovado em concurso público para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para procurador Judicial do Município do Recife e para Juiz do Trabalho Substituto do TRT-PB.

É mestre em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (2003) e pós-graduado em Filosofia, também pela UFPE. Tem outra pós-graduação, na área do Direito do Trabalho e pela Universidade Castilla La Mancha, na Espanha (2008).

Desembargador Wolney de Macedo Cordeiro

Breve perfil

Wolney de Macedo Cordeiro tem 49 anos e é filho de Aírton Cordeiro e Maria Delza de Macedo Cordeiro. Casado com Roberta da Silva Pontes Cordeiro, tem três filhos e um neto. Bacharel, mestre e doutor em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Foi aprovado em concurso público para Juiz Substituto do TRT da 6ª Região (Pernambuco), onde exerceu o cargo no período de 1991 a 1992. Foi removido por permuta para o TRT da Paraíba e foi titular Varas do Trabalho de Picuí, Taperoá, Guarabira, Mamanguape e da 5ª Vara do Trabalho de João Pessoa. Ocupa o cargo de Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho desde março de 2012, onde exerceu as funções de Ouvidor (2013-2015) e de Diretor da Escola Judicial (2015-2017).

O magistrado possui várias atividades de docência na graduação e pós-graduação, sendo atualmente Professor Titular do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e da Escola Superior da Magistratura Trabalhista (Esmat 13). É professor visitante das Escolas Judiciais dos Tribunais Regionais do Trabalho da 4ª, 5ª, 6ª,16ª, 19ª, 20ª e 21ª Regiões.

Wolney Cordeiro já ministrou vários cursos na área de Direito e proferiu palestras, conferências e teve participação em painéis de eventos jurídicos na Paraíba e em vários estados do Brasil

Além de dezenas de artigos e capítulos em obras coletivas, publicou os seguintes livros:

– A regulamentação das relações de trabalho individuais e coletivas no âmbito do Mercosul. São Paulo: LTr, 2000.

-Fundamentos do direito processual do trabalho brasileiro. São Paulo, LTr: 2005.

-Manual de execução trabalhista – Aplicação ao processo do trabalho das Leis nº 11.232/2005 (Cumprimento da sentença) e nº 11.382/2006 (Execução de títulos extrajudiciais). Rio de Janeiro: Forense, (1a. ed. 2008; 2a. ed. 2010).

-Contrato coletivo de trabalho transnacional: o direito global do trabalho e sua inserção na ordem jurídica brasileira. Curitiba: Juruá, 2014.

-Execução no processo do trabalho. Salvador: JusPodivm (1a.ed. 2015; 2a.ed 2016; 3a.ed 2017).