Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2018 > outubro > 2018 > outubro > TRT já trabalha na mudança do Fórum

Notícias

TRT já trabalha na mudança do Fórum

Tribunal promoveu dia do descarte de materiais sem utilização e obsoletos

Ações do documento

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) realizou, nesta sexta-feira (26), o Dia do Descarte (ou Dia D). Através de ato, a Presidência, reservou a data para fazer uma avaliação dos bens físicos, virtuais e intangíveis, necessários ao funcionamento do novo Fórum do Trabalho da Capital, que será inaugurado no dia 14 de dezembro.

Magistrados e servidores participaram da ação que teve como meta evitar o deslocamento desnecessário e dispendioso de materiais sem utilização e obsoletos, além da imprescindível organização preparatória daqueles que serão transportados.

Ambiente de descontração

O juiz auxiliar da Presidência, Marcello Maia, que participou da ação disse que o Dia D é um momento de extrema importância para o Tribunal, principalmente neste processo de transferência do Fórum Maximiano Figueiredo para um prédio novo.

“Neste ambiente de descontração, os servidores promoveram a limpeza dos setores e o descarte de material desnecessário para as novas instalações. Esta ação evita, sobretudo, gastos desnecessários com transporte de material e equipamentos para o novo prédio que não serão mais utilizados”, destacou. O magistrado disse ainda que foi dia bem agradável e muito produtivo para os servidores, desejando que nas instalações do novo edifício, o ambiente seja muito melhor para que todos executem suas atividades a contento.

Descarte de material

As atividades do Dia D foram coordenadas pela Assessoria de Gestão Estratégica (AGE). Essa ação, segundo o assessor Max Frederico Guedes Pereira, demonstra a preocupação da administração do TRT com a qualidade e o bem-estar dos seus magistrados, servidores, e do jurisdicionado. Este momento de integração entre juízes e servidores tem como objetivo final ter um ambiente mais saudável e mais produtivo para todos nas instalações no novo fórum.

O material de consumo será encaminhado ao Patrimônio do TRT e, posteriormente, possa ser distribuído para outras unidades que, por ventura, estejam precisando. O material permanente, como móveis, e equipamentos de informática, deverá ser levado para oficinas onde passará por manutenção. E o material orgânico da copa e cozinha serão reciclados e destinados à coleta seletiva de lixo. O papel será encaminhado para as cooperativas que fazem este tipo de coleta.

Suspensão dos trabalhos

De acordo com a diretora do fórum Maximiano Figueiredo, juíza Solange Machado Cavalcanti, “este foi um dia pensado pela TRT, cujo tema da campanha é Limpar e organizar é só começar, com a finalidade de não encaminhar para o novo prédio material que não será utilizado”, disse a magistrada acrescentando que o engajamento tanto de servidores como magistrados foi fundamental na execução desta atividade.

Sobre a suspensão dos trabalhos, a magistrada informou que foram designadas pautas extras para compensar o período em que não haverá audiências e se evite qualquer prejuízo ao jurisdicionado.

O Ato Conjunto 003/2018 dispõe sobre o funcionamento das suas unidades administrativas e judiciárias, bem como sobre o atendimento aos jurisdicionados e advogados no período de 03 a 19 de dezembro de 2018.

Nesta data, o atendimento presencial da Central de Atendimentos do Fórum Maximiano Figueiredo (Cenaten), das Varas do Trabalho de João Pessoa e da Central Regional de Efetividade, será transferido para o Centro do Saber e Cultura da Justiça do Trabalho, na Escola Judicial.

Endereço do novo Fórum

A Secretaria-Geral da Presidência já está, inclusive, divulgando o endereço do novo Fórum de João Pessoa para a marcação de audiências em 2019 ou outros procedimentos. O Fórum fica na rua aviador Mário Vieira de Melo, s/n, bairro João Agripino, Cep: 58034-045.