Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 03 > Justiça do Trabalho julga quase 20 mil ações em 2005

Justiça do Trabalho julga quase 20 mil ações em 2005

Os juízes do trabalho da Paraíba julgaram no ano passado praticamente o mesmo número de ações recebidas em todas as Varas Trabalhistas do Estado.

Ações do documento

publicado: 14/03/2006 12h00 última modificação: 30/09/2016 10h24

Os juízes do trabalho da Paraíba julgaram no ano passado praticamente o mesmo número de ações recebidas em todas as Varas Trabalhistas do Estado. De janeiro a dezembro foram protocoladas 19.757 novas ações e os magistrados julgaram 19.682. Considerando o volume de ações em tramitação, restaram pendentes de julgamento de 2005 para 2006 apenas 1.848 processos.

O levantamento foi divulgado ontem pelo Núcleo de Estatística da Corregedoria-Geral e Secretaria de Informática do Tribunal Regional do Trabalho. Segundo o presidente do TRT, juiz Afrânio Melo, a produção dos magistrados mostra a eficiência da Justiça do Trabalho. "Não estamos fazendo um auto-elogio, estamos divulgando números que mostram o resultado do trabalho dos nossos magistrados. É um orgulho poder exibir um resultado desses. Estamos julgando praticamente o mesmo número de processos que recebemos, não estamos acumulando", disse.

As sete Varas do Trabalho de João Pessoa receberam o maior número de novos processos no Estado. Foram 8.615 ações e os magistrados julgaram 8.691. Em Campina Grande o número de ações julgadas foi ainda maior do que as recebidas. Os novos processos somaram em 2005 4.906 e os julgados chegara a 5.124. Campina Grande tem quatro Varas do Trabalho. Vale o registro de que a 4ª Vara de Campina Grande foi instalada no ano passado.

Depois de João Pessoa e Campina Grande o município que mais recebeu ações trabalhistas em 2005 na Paraíba foi Guarabira. O município do Brejo paraibano recebeu 1.718 novas ações e julgou 1.390.