Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 05 > Campina Grande terá nova Vara do Trabalho em junho

Campina Grande terá nova Vara do Trabalho em junho

Os mais de oito mil processos trabalhistas que tramitam nas quatro Varas do Trabalho de Campina Grande deverão ganhar mais agilidade.

Ações do documento

Os mais de oito mil processos trabalhistas que tramitam nas quatro Varas do Trabalho de Campina Grande deverão ganhar mais agilidade. Está definida para o dia 02 do próximo mês de Junho, às 16h30, a inauguração da 5ª unidade do Fórum Ireneo Joffily. Segundo o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo, toda a estrutura para a instalação da Vara Trabalhista já está pronta.

Nas atuais quatro unidades tramitam 8.140 processos. São 2.433 na Primeira Vara do Trabalho, que tem como juíza titular Solange Machado Cavalcanti; 3.261 na Segunda, que tem como titular o juiz Normando Salomão Leitão; 1.940 na Terceira, que tem como titular a juíza Adriana Sette da Rocha Raposo e 506 na Quarta, que tem como juiz titular José Aírton Pereira.

A 4ª Vara do Trabalho de Campina Grande foi instalada em outubro do ano passado, dentro das comemorações de vinte anos de instalação do TRT na Paraíba, pelo presidente, juiz Afrânio Melo e o juiz instalador (primeiro magistrado a responder pela unidade) foi André Machado Cavalcanti. "Tenho a satisfação de entregar mais este serviço a sociedade de Campina Grande. Sempre que faço correição (fiscalização) nas Varas do Trabalho da cidade saio satisfeito com os prazos processuais e a atuação dos magistrados e servidores. E para Campina Grande, se Deus quiser, temos muito mais ações, como a construção do prédio anexo para abrigar os setores de uma Justiça que não pára de crescer em tamanho e no conceito do povo daqui", disse Afrânio.

Naquela época a Justiça do Trabalho de Campina também recebeu a estrutura da Central de Mandados e Arrematações, para a agilização das intimações e leilões de bens para pagamento de dívidas trabalhistas. A central é coordenada pelo juiz David Coqueiro.

Segundo o diretor do Fórum Irenêo Joffily, juiz Normando Salomão Leitão, já está tudo providenciado para a instalação da no Vara do Trabalho. A unidade vai funcionar no 5º andar, ao lado da 4ª Vara. Todo o mobiliário e equipamentos de informática são novos. Os móveis, distribuídos em estações de trabalho, são ergonomicamente corretos.