Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 05 > Projeto Conciliar leva grande público ao Fórum Maximiano Figueiredo

Projeto Conciliar leva grande público ao Fórum Maximiano Figueiredo

“Vamos criar a cultura da conciliação”, disse o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo na solenidade de abertura oficial do Projeto Conciliar no Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa.

Ações do documento


Ministro do TST, Emmanoel Pereira, juizes Afrânio Melo e Ana Clara Nóbrega com o presidente da OAB/PB José Mário Porto

“Vamos criar a cultura da conciliação”, disse o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo na solenidade de abertura oficial do Projeto Conciliar no Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa. O Projeto está sendo executado em todas as Varas do Trabalho do Estado através da realização de audiências, com o objetivo de realizar acordos trabalhistas entre empregados, empresas e entes públicos.

Na ocasião da abertura do Projeto, o juiz Afrânio Melo inaugurou também a Sala dos Advogados Trabalhistas. De acordo com o presidente da OAB, advogado José Mário Porto, a instalação da Sala é uma grande satisfação para a advocacia da Paraíba. “O TRT tem colaborado com a nossa Ordem atendendo sempre os anseios da categoria”, destacou.

De acordo com o juiz Afrânio Melo, a Paraíba está vivenciando hoje um projeto que foi vitorioso no ano passado. “Espero que essa cultura crie raízes no Estado”, observou o presidente do TRT. A realização do Conciliar está sendo acompanhada pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Emmanoel Pereira. Demonstrando entusiasmo, o ministro disse que o Projeto deveria ser copiado por todos os TRT’s do país.

“A Paraíba assume uma posição de vanguarda fazendo com que os conflitos existentes entre ex-empregados e ex-patrões acabem quando os dois sentam a mesa para conciliar os débitos trabalhistas”, revelou o ministro Emmanoel Pereira. Após o corte da fita inaugural da Sala dos Advogados, o presidente do TRT acompanhado pelo ministro do TST, advogados e diretores do Regional paraibano visitaram as Varas do Trabalho de João Pessoa para ver de perto a realização das audiências.

Agora a tarde, o juiz Afrânio Melo e o ministro Emmanoel Pereira abrem oficialmente o Projeto Conciliar não Fórum Irenêo Jofilly, em Campina Grande, onde milhares de audiências estão agendadas. “Tenho certeza que vamos superar todas as nossas expectativas”, disse o presidente do TRT, que amanhã (sexta) vai estar inaugurando o Parque Gráfico do TRT.