Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 05 > Projeto Conciliar leva grande público ao Fórum Maximiano Figueiredo

Projeto Conciliar leva grande público ao Fórum Maximiano Figueiredo

“Vamos criar a cultura da conciliação”, disse o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo na solenidade de abertura oficial do Projeto Conciliar no Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa.

Ações do documento

publicado: 18/05/2006 12h51 última modificação: 30/09/2016 10h24

Ministro do TST, Emmanoel Pereira, juizes Afrânio Melo e Ana Clara Nóbrega com o presidente da OAB/PB José Mário Porto

“Vamos criar a cultura da conciliação”, disse o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo na solenidade de abertura oficial do Projeto Conciliar no Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa. O Projeto está sendo executado em todas as Varas do Trabalho do Estado através da realização de audiências, com o objetivo de realizar acordos trabalhistas entre empregados, empresas e entes públicos.

Na ocasião da abertura do Projeto, o juiz Afrânio Melo inaugurou também a Sala dos Advogados Trabalhistas. De acordo com o presidente da OAB, advogado José Mário Porto, a instalação da Sala é uma grande satisfação para a advocacia da Paraíba. “O TRT tem colaborado com a nossa Ordem atendendo sempre os anseios da categoria”, destacou.

De acordo com o juiz Afrânio Melo, a Paraíba está vivenciando hoje um projeto que foi vitorioso no ano passado. “Espero que essa cultura crie raízes no Estado”, observou o presidente do TRT. A realização do Conciliar está sendo acompanhada pelo ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Emmanoel Pereira. Demonstrando entusiasmo, o ministro disse que o Projeto deveria ser copiado por todos os TRT’s do país.

“A Paraíba assume uma posição de vanguarda fazendo com que os conflitos existentes entre ex-empregados e ex-patrões acabem quando os dois sentam a mesa para conciliar os débitos trabalhistas”, revelou o ministro Emmanoel Pereira. Após o corte da fita inaugural da Sala dos Advogados, o presidente do TRT acompanhado pelo ministro do TST, advogados e diretores do Regional paraibano visitaram as Varas do Trabalho de João Pessoa para ver de perto a realização das audiências.

Agora a tarde, o juiz Afrânio Melo e o ministro Emmanoel Pereira abrem oficialmente o Projeto Conciliar não Fórum Irenêo Jofilly, em Campina Grande, onde milhares de audiências estão agendadas. “Tenho certeza que vamos superar todas as nossas expectativas”, disse o presidente do TRT, que amanhã (sexta) vai estar inaugurando o Parque Gráfico do TRT.