Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 05 > TRT participa do Festival de Artes Plásticas

TRT participa do Festival de Artes Plásticas

A Área de Integração Cultural do Tribunal Regional do Trabalho está, desde a última segunda-feira, expondo telas e esculturas de sete artistas paraibanos e um pernambucano.

Ações do documento

A Área de Integração Cultural do Tribunal Regional do Trabalho está, desde a última segunda-feira, expondo telas e esculturas de sete artistas paraibanos e um pernambucano. A Mostra é parte integrante do Festival de Artes Plásticas que acontece em João Pessoa até o dia 28 em homenagem ao Dia Nacional do Artista Plástico. Ao todo, 58 outros locais vão participar do Festival. O evento está acontecendo em grande estilo na avenida Epitácio Pessoa. Denominado de "Galeria de Rua", a exposição mostra painéis medindo aproximadamente três metros quadrados de altura.

No TRT, o evento acontece em dois momentos: a exposição aberta à comunidade, apresentando trabalhos dos artistas Evanice Santos, Marlene Assis, Fernando Fonseca, Veruska Guerra, Nenê Cavalcanti, Raíssa Herculano, Célia Gondim e Cláudia e com a realização de um debate público. O artista plástico e critico de artes Diógenes Chaves vai coordenar os trabalhos em torno do tema "A Conceitualização da Arte na Atualidade".

A idéia, segundo Evanice Santos, que é também uma das coordenadoras do Festival, é mostrar o trabalho dos artistas paraibanos, além de poder debater e rever os conceitos sobre as artes plásticas, artesanatos e outros tipos de artes manuais. O debate vai acontecer no dia 15, no auditório do Tribunal Pleno e estará aberto à comunidade.

Além do Tribunal Regional do Trabalho e da avenida Epitácio Pessoa, o Festival de Artes Plásticas de João Pessoa vai estar acontecendo no hall de entrada da Receita Federal, Núcleo de Artes Contemporâneas (NAC), nos hotéis Tambaú, Porto do Sol e Victory, Casa da Pólvora, Casarão de Azulejos, Galeria Gamela, Sebo Cultural, Casarão 34, Cobrás entre outros locais. No TRT, o festival está tendo o apoio do Núcleo do Processo da Qualidade, coordenado por Gilvan Azevedo.