Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 09 > 10 candidatos faltaram às provas do Concurso para Juiz Substituto

10 candidatos faltaram às provas do Concurso para Juiz Substituto

Apenas 10, dos 296 candidatos com inscrições deferidas, faltaram às provas da segunda etapa do concurso para Juiz

Ações do documento



Juízes Afrânio Melo e Edvaldo de Andrade

Apenas 10, dos 296 candidatos com inscrições deferidas, faltaram às provas da segunda etapa do concurso para Juiz Substituto do Tribunal Regional do Trabalho. As provas foram aplicadas às 13h00 do último sábado no Bloco C do Campus do Unipê. O clima foi de tranqüilidade, sem atrasos e sem atropelos.

A Comissão examinadora das provas formada por pelo juiz Antônio Eudes Vieira Júnior, do TRT da Paraíba, juiz Zéu Palmeira, do TRT do Rio Grande do Norte e pelo advogado José Arimatéa das Neves, representante da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba esteve presente durante toda à tarde. Eles já estão fazendo exame das provas cujo resultado está previsto para ser divulgado no dia 10 de outubro.

O presidente do TRT, juiz Afrânio Melo fez visita as salas onde estavam sendo aplicadas as provas. Ele foi acompanhado pelo presidente da Comissão do concurso, juiz Edvaldo de Andrade e pelos membros da comissão examinadora.

Nesta segunda etapa, os candidatos discorreram seis questões sobre Direito do Trabalho, Processo do Trabalho, Direito do Processo Civil, Direito Civil, Direito Administrativo e Direito Constitucional.

De acordo com o juiz Afrânio Melo, As provas foram mais complicadas do que na primeira etapa. “Foram mais específicas, porém bem elaboradas”, revelou o magistrado. A novidade, segundo ele, foi à permissão a consulta. “Isso é importante porque nenhum juiz dá a sua sentença sem consultar a legislação”, revelou.

A terceira etapa do concurso acontece no dia 11 de novembro. De acordo com a secretária da Comissão, Márcia Valério as últimas etapas acontecem a partir do dia 13 de dezembro e o resultado final será divulgado em janeiro de 2007.

Está disponibilizado na página do TRT na Internet (www.trt13.gov.br) todas as informações necessárias aos candidatos. O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, juiz Afrânio Melo, revelou que a intenção da Justiça do Trabalho é empossar os novos magistrados ainda no primeiro trimestre de 2007.