Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 11 > Ana Clara e Edvaldo de Andrade são eleitos presidente e vice do TRT

Ana Clara e Edvaldo de Andrade são eleitos presidente e vice do TRT

Posse acontece em janeiro e Regional também escolhe novo ouvidor

Ações do documento



Juíza Ana Clara, presidente eleita do TRT

Por unanimidade o Pleno do Tribunal Regional do Trabalho elegeu os juízes Ana Clara de Jesus Maroja Nóbrega e Edvaldo de Andrade como os novos presidente e vice-presidente do TRT para o biênio 2007/2008. A sessão administrativa aconteceu às 9h, com abertura e coordenação dos trabalhos do juiz-presidente do TRT, Afrânio Melo.

A eleição aconteceu no auditório do Pleno do Tribunal Regional do Trabalho e votaram os juizes Afrânio Melo, presidente; Ana Clara de Jesus Maroja Nóbrega, vice-presidente; Vicente Vanderlei Nogueira de Brito; Ana Maria Ferreira Madruga; Francisco de Assis Carvalho e Silva; Edvaldo de Andrade; Paulo Maia e Carlos Coelho de Miranda Freire.

Na mesma sessão foram escolhidos também os integrantes da Comissão do Regimento Interno. O presidente é o juiz Paulo Maia e a comissão terá como integrantes ainda os juízes Francisco de Assis Carvalho e Silva e Edvaldo de Andrade. O Tribunal Regional do Trabalho também definiu o futuro ouvidor da Justiça do Trabalho da Paraíba. É o juiz Paulo Maia, que será nomeado pela futura presidente, Ana Clara Nóbrega, em substituição ao atual ouvidor, Edvaldo de Andrade.

O atual presidente do TRT, Afrânio Melo saudou a presidente e vice eleitos. Disse que o Regional além de fazer Justiça aos dois magistrados, deu uma demonstração de unidade e de cumprimento à lei e as normas. “Estamos, inclusive, dando exemplo a outras cortes de Justiça”, acrescentou.

O presidente da OAB-PB, José Mário Porto saudou os eleitos, desejando êxito na gestão e propondo que o relacionamento institucional com a seccional da Ordem seja, cada vez, mais aprofundado.

Agradecimento e posse

A futura presidente do TRT agradeceu aos colegas a escolha por unanimidade. Falou do desafio imposto pela carreira e a disposição de trabalhar para que a Instituição continue crescendo. “Vamos buscar forças para que nosso TRT continue tendo a referência elogiosa da sociedade, advogados e Tribunais Superiores”, disse.

O juiz Edvaldo de Andrade agradeceu a confiança dos colegas magistrados, falando da disposição para o trabalho em prol da Justiça do Trabalho. Os novos dirigentes vão substituir o atual presidente, juiz Afrânio Melo, que está concluindo o biênio 2005/2006. A presidente e o vice-presidente tomarão posse na primeira quinzena de janeiro, em dia ainda a ser definido.



Juiz Edvaldo de Andrade, vice-presidente eleito do TRT



Juiz Paulo Maia, ouvidor eleito do TRT