Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 11 > João Pessoa terá novo Fórum Trabalhista a partir de hoje

João Pessoa terá novo Fórum Trabalhista a partir de hoje

Ministro-presidente do TST está na Paraíba e participa da inauguração

Ações do documento

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Ronaldo Lopes Leal, participa hoje em João Pessoa da inauguração do Fórum do Trabalho da Capital e instalação de duas novas Varas, a 8ª e 9ª. A solenidade acontece às 10 h e será aberta pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo.

A partir de hoje, as nove unidades do Fórum Maximiano Figueiredo, que é dirigido pelo juiz Wolney Cordeiro, vão funcionar no Empresarial João Medeiros, centro da Capital, na Avenida Odon Bezerra, em frente à Casa da Criança com Câncer. Até semana passada as Varas do Trabalho funcionavam no prédio da Caixa Econômica Federal, Agência Cabo Branco. Existiam em João Pessoa sete Varas do Trabalho e com a instalação da 8ª e 9ª, surgiu a necessidade urgente de transferência para um prédio maior que pudesse ter espaço para acomodar as duas novas unidades, além de oferecer mais conforto aos magistrados, servidores, advogados e usuários da Justiça do Trabalho.

De acordo com o presidente do TRT, juiz Afrânio Melo as nove unidades vão funcionar em um único pavimento do empresarial. Em outro pavimento vão ser instaladas as salas de treinamento, gabinetes médico-odontológicos, área de integração cultural e auditório.

De acordo com a Coordenadoria de Engenharia e Manutenção do Tribunal, o local terá a Área de Integração Cultural, Sala do Advogado, Sala de Juízes, Recepção, Central de Mandados, Distribuição dos Processos, Auditório com capacidade para 150 pessoas, Serviço de Saúde, Biblioteca, Sala de Cursos, Protocolo, Almoxarifado, Administração do Fórum e uma agência da Caixa Econômica. A relocação das Varas do Trabalho para o empresarial João Medeiros é resultado de um convênio assinado pelo TRT com a Caixa Econômica Federal.

Vão falar na Solenidade, o presidente do TRT, juiz Afrânio Melo, o ministro Ronaldo Leal, o juiz-diretor do Fórum, Wolney Cordeiro e o presidente da OAB-PB, José Mário Porto Júnior.

Transferência

Por conta da mudança para um novo prédio, estão suspensos desde o último dia 16 e permanecem até o próximo dia 29 os prazos processuais e as audiências dos processos em tramitação do setor de Distribuição, da Central de Mandados Judiciais e de Arrematação, bem como das 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Varas do Trabalho da Capital. Nenhuma parte em qualquer processo terá prejuízo em função da suspensão dos prazos..

Exposição

Obras de arte que fazem parte do acervo do Tribunal vão estar expostas na Área de Integração Cultural do novo Fórum. Vão estar expostos também trabalhos técnicos científicos como os Projetos Arrematar e Conciliar, Sistema 5 S, Fluxograma e Padronização das Varas do Trabalho. Além disso, um grupo de dança do município de Lucena fará apresentação de sapateado. As peças do acervo do Regional foram doadas por artistas plásticos que já fizeram exposição no TRT. O trabalho, segundo o chefe do Núcleo do Processo de Qualidade, Gilvan Azevedo, é uma pré-estréia da Semana Cultural, que vai acontecer no TRT de 4 a 7 de dezembro.