Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2006 > 11 > TRT lança Campanha Natal pela Vida

TRT lança Campanha Natal pela Vida

A VII edição do “Natal Pela Vida” foi lançada oficialmente na manhã de ontem (quarta-feira) pelo presidente do TRT

Ações do documento

A VII edição do “Natal Pela Vida” foi lançada oficialmente na manhã de ontem (quarta-feira) pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho, juiz Afrânio Melo. A solenidade que aconteceu no Tribunal Pleno contou com a presença do secretário executivo do Conselho de Entidades no Combate à Fome e Pela Vida (Coep) na Paraíba, Marçal Cavalcanti e da presidente do Conselho Deliberativo do Coep, Biatriz Ribeiro.

Por três anos consecutivos o TRT liderou o ranking de arrecadação de alimentos para a Campanha. Em 2005, foram entregues ao COEP 27 toneladas e, de acordo com o juiz-presidente Afrânio Melo, a meta para este ano é ultrapassar essa marca e atingir 30 toneladas. “É uma oportunidade para os cidadãos de doarem um pouco do que têm para quem quase nada tem”, disse o magistrado.

O Conselho fará, no dia da primeira doação de alimentos, uma homenagem ao presidente do TRT, juiz Afrânio Melo, entregando uma Placa de Mérito e Reconhecimento Social, por ser o magistrado um dos fundadores da Campanha e pela participação ininterrupta da mesma.

O juiz Afrânio Melo agradeceu e destacou que, “seria muito bom se não precisássemos fazer uma campanha dessa natureza, mas infelizmente o nosso país é injusto e por isso cabe as pessoas tirar um pouco do que é seu para doar”.

Este ano, 42 comunidades carentes da Capital devem ser beneficiadas com a distribuição de alimentos e brinquedos. A campanha é uma promoção do Coep em parceria com o Sistema CORREIO de Comunicação.

A meta do Conselho para este ano é arrecadar pelo menos 600 toneladas, igualando à quantidade do ano passado. O lançamento reuniu representantes das entidades e empresas que já aderiram à campanha.

Também participaram do lançamento da campanha a vice-presidente do TRT, juíza Ana Clara de Jesus Maroja Nóbrega, juízes Francisco de Assis Carvalho, Carlos Coelho de Miranda Freire e Ana Maria Madruga, além dos de segunda instância, Margarida Alves e André Machado. A mesa foi composta ainda pelo representante do Ministério Público, Ramon Bezerra e pelo deputado Rodrigo Soares.

Só no ano passado aproximadamente 30 mil famílias foram beneficiadas com cestas básicas distribuídas pelo projeto. Marçal Cavalcanti disse que foram arrecadadas cerca de 600 toneladas de alimentos e mais de um milhão de serviços foram disponibilizados para a população, através da Ação Global, que levou atendimento odontológico e médico, além da emissão de documentos a mais de 150 mil pessoas. As doações podem ser feitas na sede do Tribunal Regional do Trabalho e Fórum Maximiano Figueiredo (Varas do Trabalho).