Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 06 > Leilão do TRT tem de casa a lingerie

Leilão do TRT tem de casa a lingerie

Ações do documento



Juíza Ana Paula, coordenadora da Central de Mandados de João Pessoa


A nova edição do projeto Arrematar do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba será realizada em João Pessoa e Itabaiana, e começa amanhã, dia 12, a partir das 9h00. Em João Pessoa o mega-leilão acontece no Empresarial João Medeiros - piso E1, auditório do Fórum Trabalhista, localizado à rua Odon Bezerra, n.º 184 – Tambiá. Qualquer pessoa pode participar do leilão desde que não seja uma das partes do processo.

Entre os bens que serão leiloados pelo TRT estão casas, apartamentos, terrenos, equipamentos eletrônicos, automóveis, televisores, computadores, lotes de roupas e até lingerie feminina. No edital, disponível no endereço eletrônico www.trt13.gov.br/arrematar, estão listados todos os ítens, entre eles, um apartamento de cento e sete metros quadrados no bairro do Cabo Branco, com três quartos sendo dois suítes, avaliado em R$ 100mil, um aparelho completo para tomografia da marca Sony com guia para biópsia para vídeo, avaliado em R$500 mil, um veículo Palio EDX ano 1996, avaliado em R$7 mil entre inúmeros outros bens móveis e imóveis.

O lance mínimo para a arrematação de bens móveis corresponde a 20% do valor da avaliação. Para os bens imóveis o lance mínimo deverá ser de 40% da avaliação. Segundo a juíza Ana Paula Cabral Campos, coordenadora do mega-leilão, é permitido o parcelamento dos bens imóveis sendo a primeira prestação no ato da arrematação. Entretanto, a divisão das será feita com base no valor da avaliação.

O objetivo do leilão do TRT é vender os bens e, com o dinheiro, pagar as dívidas de pessoas que tiveram o direito reconhecido pela Justiça do Trabalho e ainda não receberam.

 

Donos podem recorrer da venda

Os preparativos para o leilão já em andamento nas Varas do Trabalho e na Central de Mandados. Até a realização do leilão pode haver negociação para evitar o arremate. Após a arrematação de um bem a lei prevê um prazo de cinco dias para recurso das partes. Não havendo, o bem deverá ser entregue ao arrematante no prazo médio de 40 dias. 

A juíza coordenadora da Central de Mandados, Ana Paula Cabral ressalta que caso haja recurso e o arrematante não retire o bem o valor pago por ele será devolvido com correção monetária. Também haverá devolução do dinheiro caso o bem não esteja nas condições descritas no edital. Todos os pagamentos dos arrematantes ficam numa conta judicial e são devolvidos caso o arremate não seja finalizado.

 

Campina Grande

A nova edição do projeto Arrematar, em Campina Grande, vai acontecer a partir das 09h00, no próximo dia 19 de junho. O mega-leilão será realizado no Auditório do Fórum Juiz Federal Nereu Santos, localizado à rua Edgard Vilarim Meira, s/n - Liberdade – Campina Grande/PB. Abaixo os editais com os bens que vão a leilão. 

Em Guarabira vai acontecer a partir das 09h00, no próximo dia 22 de junho, na Vara do Trabalho situada à rua Osório de Aquino, 65 – Centro – Guarabira/PB. 
O Hospital Infantil Doutor João Soares, de João Pessoa, avaliado em R$ 500 mil é outro bem que vai a leilão no próximo dia 12 na Capital. A instituição foi penhorada pelo Tribunal Regional do Trabalho e incluída no Projeto Arrematar.

O leiloeiro oficial será Alexandre Ferreira Nunes. Com o arremate dos bens, a Justiça do Trabalho quita as dívidas trabalhistas, liquidando os processos de maneira rápida. O advogados interessados podem negociar ou pagar as dívidas para evitar que o bem seja leiloado. Depois da arrematação o arrematante deve dirigir-se ao setor de guias para realizar o pagamento e efetuar o depósito do sinal. A agência da Caixa Econômica Federal localizada no Shopping Tambiá está de plantão para o recebimento das guias com o sinal dos arrematantes. Após a arrematação ainda existe o prazo de cinco dias para recurso previsto na lei. Os arrematantes também arcam com as despesas do leiloeiro que terá comissão de 5% sobre o valor da arrematação.