Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 06 > Mega-leilões começam hoje por JP e serão realizados em 4 cidades

Mega-leilões começam hoje por JP e serão realizados em 4 cidades

Ações do documento

Começa hoje e vai até o dia 22, a segunda edição deste ano do Projeto Arrematar. Nesta versão, os mega-leilões serão concentrados em quatro pólos no estado: João Pessoa, Campina Grande, Patos e Guarabira.

O primeiro mega-leilão acontece hoje no Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa, sob a responsabilidade da juíza Ana Paula Campos, abrangendo todos os processos em execução nas Varas Trabalhistas da Capital e todos os municípios da jurisdição, além de Itabaiana.

O segundo mega-leilão acontece na próxima terça-feira, 19, no Fórum Irenêo Jofilly, em Campina Grande, sob a coordenação do juiz David Coqueiro, também abrangendo os processos em execução das Varas da Jurisdição. O terceiro será no Fórum Bivar Olhynto, em Patos, no próximo dia 20, sob a coordenação do juíza Maria das Dores e o quarto no dia 22 em Guarabira, com a coordenação do juiz Antônio Cavalcanti da Costa Neto.

A presidente do TRT, juíza Ana Clara Nóbrega, resolveu suspender o atendimento ao público nos Fóruns e Central de Mandatos Judiciais e de Arrematação nos dias de realização dos leilões. O Projeto Arrematar tem o objetivo de levar a leilão bens móveis, imóveis, eletrônicos, entre outros objetos, penhorados para o pagamento de dívidas trabalhistas.

Com o arremate dos bens, a Justiça do Trabalho paga as dívidas trabalhistas, liquidando os processos da maneira rápida.

Hospitais

O Hospital Regional de Solânea, avaliado em R$ 2,1 milhão e o Hospital Infantil Doutor João Soares, de João Pessoa, avaliado em R$ 500 mil vão a leilão hoje na Capital. As instituições foram penhoradas pelo Tribunal Regional do Trabalho e incluídas no Projeto Arrematar, que objetiva a venda de bens penhorados para pagamento de dívidas trabalhistas.

Será a Segunda vez que a instituição de saúde de Solânea entra em leilão. A primeira vez foi no último dia 22 de maio no auditório do Sebrae em Guarabira, mas o bem não obteve o lance mínimo de R$ 840.000 e foi inserido no leilão de João Pessoa.

O valor do lance mínimo, segundo o leiloeiro oficial, Alexandre Ferreira Nunes, pode ser dividido com um sinal de 20% que corresponde a R$ 168.000,00 e o restante em parcelas que não podem ser inferior a 10% do valor avaliado. A segunda instituição a ir a leilão da capital é o Hospital Infantil Dr. João Soares, localizado na avenida Cruz das Armas em João Pessoa.

O imóvel que se apresenta como entidade filantrópica está avaliado em R$ 500.000,00. Podendo os interessados dar um lance mínimo de R$ 200.000,00 e ainda dividir esse valor com um sinal e mais três parcelas.