Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 07 > Aprovada Resolução que proíbe nome de vivos na Administração

Aprovada Resolução que proíbe nome de vivos na Administração

Regional acompanha deliberação do Conselho do Conselho Nacional de Justiça

Ações do documento

O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho aprovou, por unanimidade de votos, a Resolução Administrativa que determina a retirada de placas, letreiros ou outras referências aos nomes de pessoas vivas dos prédios e dependências sob administração do Regional Paraibano. Na mesma sessão, foram revogadas as Resoluções Administrativas que permitiam a prática.

A presidente do TRT, juíza Ana Clara Nóbrega revelou que o Regional está atendendo solicitação do Conselho Nacional de Justiça que determina que os Tribunais devem adotar providências no sentido de retirar placas, letreiros e outras referências aos nomes de pessoas vivas dos prédios e dependências de sua administração.

A magistrada lembra que nenhum Fórum da Justiça do Trabalho e nem a sede do TRT possuem o nome de pessoas vivas, apenas um setor da sede do Regional, mas a retirada do nome já foi efetivada.