Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 08 > Duas mil árvores foram poupadas com reciclagem de papel do TRT

Duas mil árvores foram poupadas com reciclagem de papel do TRT

Ações do documento

O volume de papel triturado pelo Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba desde que foi adotado o projeto de eliminação de processos já chega quase a 75 mil quilos (74.903). Para fabricar esse volume de papel, seria necessário o corte de 2.100 árvores com vida média de 10 anos.

O projeto de eliminação de processos foi instituído no TRT da Paraíba em 2002, na gestão da então presidente Ana Madruga. Passou pela gestão do juiz Afrânio Melo e está tendo continuidade na administração da juíza Ana Clara Nóbrega.

Semana passada foi realizada mais uma etapa de eliminação, quando foram triturados 13.564 processos da 1ª Vara do Trabalho de João Pessoa, da VT de Areia e os de inscrição de concursos para juiz do Trabalho. Dessa trituração, resultaram 1.661 quilos de massa de papel para reciclagem, somando a quantia de R$ 332,20. O dinheiro foi doado para o Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha. Segundo a vice-presidente do instituto, Márcia Régia Gonçalves, que acompanhou a trituração, dinheiro vai ser usado para corrigir falhas no teto do dormitório masculino, que está com muitas goteiras.

Segundo ela, o prédio tem 63 anos e precisa de manutenção constante. O Instituto dos Cegos tem 80 alunos, sendo 22 internos e serve refeições para todos. “Essa ajuda do TRT é muito bem vinda e tem chegado sempre em momentos de extrema necessidade”, disse Márcia.

Segundo a presidente do TRT, Ana Clara, o papel do Tribunal é julgar e atender bem os jurisdicionados. “Quando, além de cumprirmos nosso papel, temos a condição de ajudar instituições, sentimos que estamos sendo útil ao nosso próximo e isso é muito importante”, disse.

O total de processos eliminados, desde o início do projeto, já soma 12.500 quilos e rendeu R$ 2.855, doados ao Instituto dos Cegos. A próxima eliminação acontece no primeiro semestre de 2008, com cerca de 20 mil processos.