Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 08 > Exposição marca 35 anos de criação do Fórum Maximiano Figueiredo

Exposição marca 35 anos de criação do Fórum Maximiano Figueiredo

Ações do documento

O Tribunal Regional do Trabalho comemora nesta segunda-feira, 6, o aniversário de 35 anos de criação do Fórum Maximiano Figueiredo. Dentro da programação haverá a exposição A História do Fórum Maximiano Figueiredo, formada por quatro banners com textos e trinta e seis fotografias, na sua maior parte do acervo do Memorial do TRT, que mostra o início e a evolução do fórum e parte da Justiça do Trabalho no Estado.

A exposição foi produzida pelo Serviço de Documentação e Arquivo do TRT com a equipe do Memorial formada por Rachel Monteiro Lira, Wylka Vidal e Lucidalva Freire, que pesquisaram a vida e a obra de Maximiano Figueiredo, que denomina o Fórum. A abertura acontece às 14h00 pela presidente do Tribunal do Trabalho, juíza Ana Clara Nóbrega e pelo juiz Paulo Henrique Tavares, diretor do Fórum. Maximiano Figueiredo nasceu em 1868, na capital paraibana. Foi secretário de governo e promotor público. Advogado, jurista e deputado federal foi ele que, em 1915, na qualidade de relator da Comissão de Constituição e Justiça apresentou o primeiro projeto de um Código do Trabalho para o Brasil, considerado, até hoje como obra de alta significação.

Em 1972, o então presidente do TRT da Paraíba, juiz Clóvis dos Santos Lima resolveu, através de ato administrativo, dar ao edifício-sede da 1ª e 2ªs Juntas de Conciliação e Julgamento de João Pessoa a denominação de Fórum Maximiano Figueiredo. A exposição fica na Área de Integração Cultural do Fórum até o próximo dia 17.