Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2007 > 11 > TRT está na finalíssima do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

TRT está na finalíssima do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

Ações do documento

O assessor de comunicação social do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, jornalista José Vieira Neto apresenta hoje em Vitória, Espírito Santo, o projeto Correio Trabalhista, que está concorrendo ao Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça na categoria Relacionamento com a Mídia. O projeto da Paraíba está na finalíssima com os do Ministério Público dos Estados do Maranhão e Roraima - Oficinas de Rádio e Um Guia Prático para a Comunicação, respectivamente.

Correio Trabalhista é um projeto desenvolvido em parceria com o Jornal Correio da Paraíba, que resultou na veiculação de uma página semanal com notícias específicas da Justiça do Trabalho. Na elaboração do projeto, a argumentação da Assessoria de Comunicação do TRT se fundamentou que a Justiça do Trabalho está presente no dia-a-dia de todas as empresas e sindicatos.

Destacou, também, que está em franco crescimento a segmentação da notícia. “Hoje é crescente, mais do que nunca, o número de publicações especializadas em detalhes que vão de beleza, passando por TV, até assuntos como animais de estimação e veículos off road, por exemplo. A Internet turbinou esta tendência. Então, porque não ter uma página do jornal destinada a Justiça. Ou, mais especificamente, à Justiça do Trabalho?”, questionou o assessor.

O Correio Trabalhista teve todo o apoio da direção e da editora do Jornal Correio da Paraíba, a jornalista Lena Guimarães. Foi firmado o compromisso de se abordar assuntos que interessem diretamente ao público que lida com a Justiça do Trabalho, como advogados, empresários e trabalhadores e a criação de uma coluna para comentar as principais decisões da Justiça Trabalhista brasileira, assinada pelo servidor do TRT, Dorgival Terceiro Neto Júnior.

Duzentos jornalistas estão participando do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça e do Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça – Conbrascom 2007. O Jornalista Flávio Damiani, presidente do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, destaca que “neste encontro está sendo dando um amplo espaço para o Jornalismo de Oficina, oportunidade que os Assessores de Imprensa tem para trocar experiências e ampliar seus conhecimentos”.

Este ano as inscrições para o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça bateram recorde histórico. Foram inscritos 164 trabalhos, 12% mais do que o número registrado em 2006 (144 trabalhos).