Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2008 > 05 > Juíza Ana Madruga é a nova ouvidora do TRT

Juíza Ana Madruga é a nova ouvidora do TRT

Ações do documento

A juíza Ana Maria Ferreira Madruga teve seu nome aprovado por unanimidade na Sessão Administrativa ocorrida no último dia 12, para responder pela Ouvidoria do Tribunal Regional do Trabalho. A magistrada deverá ocupar o cargo até o final da atual gestão. A Sessão foi presidida pela juíza-presidente Ana Clara Nóbrega e estiveram presentes os juízes vice-presidente Edvaldo de Andrade, Vicente Vanderlei Nogueira de Brito, Afrânio Neves de Melo e Paulo Américo Maia Filho, além da nomeada.



O TRT da Paraíba foi o primeiro órgão do Poder Judiciário no Estado a ter uma Ouvidoria . Ela foi criada em abril de 2004 na gestão da então presidente juíza Ana Maria Madruga. A idéia, segundo a magistrada, era abrir mais um canal de acesso para jurisdicionados e sociedade, além dos próprios servidores da Justiça do Trabalho, objetivando receber sugestões, reclamações, críticas, elogios e até denúncias e buscar a perfeição nos serviços prestados.

O papel do Ouvidor é receber, pessoalmente, os cidadãos, mas o atendimento pode ser feito também através de e-mail ouvidoria@webmail.trt13.jus.br ou telefax (83) 3533.6001.

Atendimento

Foi também na gestão presidencial da juíza Ana Madruga a criação da Agenda do Trabalhador em 2003. Na Agenda, a magistrada e o secretário geral da Presidência, Dorgival Terceiro Neto Júnior recebiam trabalhadores toda última segunda-feira de cada mês em João Pessoa. Eles eram recebidos também na Agenda em Campina Grande, Guarabira, Patos, Sousa e Cajazeiras.

O projeto foi criado como forma de aproximar a população da Justiça do Trabalho. O objetivo era esclarecer dúvidas em relação a processos em tramitação e receber reclamações e sugestões.