Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2008 > 09 > Diário da Justiça trará economia de quase meio milhão em um ano

Diário da Justiça trará economia de quase meio milhão em um ano

Custo médio com Correios passou de R$ 50 mil para R$ 18 mil ao mês

Ações do documento

 Um levantamento realizado pela Secretaria Administrativa, junto a Diretoria do Serviço de Cadastramento Processual do Tribunal Regional do Trabalho, concluiu que antes da implantação do Diário da Justiça Eletrônico - DJ_e,  o custo médio mensal com os Correios e Telégrafos girava em torno de R$ 50 mil. Depois da implantação do Diário, a despesa mensal passou a ser aproximadamente R$ 18 mil.

A projeção feita pela Secretaria Administrativa para o período de um ano, foi de uma economia de aproximadamente R$ 400 mil, que pode chegar a R$ 500 mil, se levar em consideração a economia  na quantidade de papel e tinta que deixaram de ser consumidos para a expedição das notificações, editais e pautas.

Outro aspecto que implica em economia é o trabalho manual para expedição das notificações nas Varas e demais setores, que foi reduzido, tornando o procedimento mais rápido e eficiente, já que, através da rede interna de computadores, os servidores podem enviar uma notificação ou edital de qualquer Vara da Paraíba, para ser disponibilizada no outro dia no DJ_e.

A presidente do TRT, juíza Ana Clara Nóbrega afirmou que toda economia gerada pelo DJ_e será investida na melhoria do atendimento aos jurisdicionados, tornando a Justiça do Trabalho da Paraíba ainda mais célere. O Diário Oficial da Justiça do Trabalho entrou em vigor em julho e já se encontra na sua 62ª edição. O DJ_e está proporcionando celeridade processual, impulso aos milhares de processos em andamento, desafogando as Unidades Judiciárias e Secretarias, além de garantir transparência administrativa e promover economia financeira.

Segundo o coordenador de Publicação e Informação do Diário, Rômulo Carvalho, os números monstram a economia gerada com a implantação do DJ_e, que inseriu links de consulta para que advogados e partes possam acessar diretamente todos os andamentos do seu processo, com acesso as peças digitalizadas e atos processuais. “É necessário apenas clicar no número do processo”. Os advogados cadastrados recebem ainda mensagem eletrônica da publicação e movimentação de processos.