Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2008 > 11 > Encontro Regional do Judiciário discute adoção de metas comuns

Encontro Regional do Judiciário discute adoção de metas comuns

Evento foi organizado pelo Conselho Nacional de Justiça

Ações do documento

publicado: 11/11/2008 14h08 última modificação: 30/09/2016 10h19

Tribunais do Trabalho, de Justiça e Eleitoral dos estados da Paraíba, Sergipe e Bahia participaram, no último dia 3, em Salvador, do Encontro Regional do Judiciário, organizado pelo Conselho Nacional de Justiça – CNJ. A reunião é um desdobramento do Encontro Nacional realizado em agosto passado, em Brasília.

O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba foi representado pelo juiz vice-presidente, Edvaldo de Andrade, e pelo diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação – STI, Max Guedes Pereira



Os Encontros Regionais promovidos pelo CNJ têm o objetivo de favorecer o conhecimento mútuo dos projetos de planejamento e gestão de cada Tribunal, assim como as propostas e interesses locais. A finalidade é divulgar as ações e soluções encontradas por cada Tribunal que possam trazer melhoria para o Judiciário e dar ao cidadão uma melhor prestação jurisdicional, por meio da criação de metas nacionais comuns.

No Encontro Regional, o TRT da Paraíba, na palestra proferida pelo diretor da STI, deu ênfase para o desenvolvimento tecnológico promovido pelo TRT da 13ª Região, principalmente as ações que culminaram com a criação das Varas do Trabalho Eletrônicas em Santa Rita na grande João Pessoa, em uma grande luta empreendida pela presidente do TRT, juíza Ana Clara Nóbrega, as únicas implantadas até agora no Brasil.

Com a Vara Eletrônica o processo tramita do início ao final sem uma única folha de papel, sem uma impressão sequer. A inauguração da 2ª VTE aconteceu em setembro passado pela presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, Ana Clara Nóbrega, com a presença do ministro Corregedor Geral da Justiça do Trabalho, João Oreste Dalazen.

Max Frederico também apresentou projetos na área de gestão de processos, com destaque para a padronização das rotinas de trabalho, os encontros de diretores de Secretaria, a implantação da ferramenta 5S, o Plano de Ação Integrada, o gerenciamento de documentos e autos já arquivados. Foi mostrada, ainda, a importância da instituição da Assessoria de Gestão Estratégica e da integração do Regional no Programa Gespública.

Na oportunidade, apontou-se como meta prioritária do Regional, no âmbito da Tecnologia da Informação, a criação de uma sala-cofre, com a finalidade de propiciar segurança incondicional aos dados armazenados nos computadores do Tribunal.