Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2009 > 10 > Comunidades Quilombolas estarão expostas na Capital

Comunidades Quilombolas estarão expostas na Capital

Ações do documento

publicado: 14/10/2009 10h22 última modificação: 30/09/2016 10h18


Com fotografias de Alberto Banal e curadoria de José Acácio Gouveia, o Centro Cultural do Fórum Maximiano Figueiredo abre, nesta quarta-feira, às 16h, a exposição Comunidades Quilombolas da Paraíba: Lugares – Rostos – Alma.

O evento que mostra a realidade das comunidades quilombolas, mapeadas e reconhecidas em todo o estado, será coordenado pelo juiz José Arthur da Silva Torres, substituto da 3ª Vara do Trabalho de João Pessoa, que também coordena o Centro Cultural do Fórum. As fotografias ficarão expostas na Área de Integração Cultural do Fórum até o próximo dia 22.

Segundo o fotógrafo Alberto Banal, a exposição quer ser um testemunho do trabalho feito pela Associação de Apoio aos Assentamentos das Comunidades Afro-descendentes (AACCADE), objetivando a conscientização e o desenvolvimento das comunidades quilombolas da Paraíba. “Os animadores principais da Associação são Luiz Zadra voluntário italiano, há 35 anos no Brasil, velho amigo de infância que reencontrei depois de muitos anos aqui em João Pessoa e Francimar F de Sousa, socióloga paraibana. Foi graças a estas duas pessoas que eu pude conhecer a realidade quilombola da Paraíba e foi possível o empenho no tocante a criar um espaço de visibilidade para quem desde sempre encontrou-se totalmente excluído e ignorado pela sociedade”.

Segundo ele, a exposição fotográfica é um pequeno contributo no sentido de apresentar esta realidade, “desconhecida por muitos, e que está emprenhada de histórias de opressão e pobreza extrema, mas também, é testemunho vivo de valores e tradições zelosamente conservados. Os lugares e os rostos revelam a profundidade da alma deste povo”.