Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 05 > Assinado edital que declara vago cargo de desembargador no TRT

Assinado edital que declara vago cargo de desembargador no TRT

Ações do documento


Foi assinado nesta terça-feira o edital que declara vago o cargo de desembargador no Tribunal do Trabalho da Paraíba. A vacância aconteceu em função da aposentadoria da desembargadora Ana Clara Nóbrega, de acordo com decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União, do último dia 30.

O edital, assinado pelo presidente do TRT, desembargador Edvaldo de Andrade, diz que em razão do princípio da alternância, o cargo deverá ser preenchido pelo critério de merecimento.

Por fim, estabelece que os interessados devem apresentar seus currículos ao Núcleo de Magistrados, no prazo de 5 dias, “para atualização dos assentamentos e aferição dos critérios objetivos de que trata a Resolução Administrativa nº 24/2009, deste Tribunal”. O Edital estará disponibilizado no Diário Eletrônico Administrativo deste Regional a partir das 19h desta terça-feira.


Edital de Vacância (íntegra):

O Desembargador Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Décima Terceira Região, no uso de suas atribuições legais e regimentais, faz saber a todos os Juízes da Justiça do Trabalho da 13ª Região que se encontra vago o cargo de desembargador deste Tribunal, decorrente da aposentadoria da Doutora Ana Clara de Jesus Maroja Nóbrega, conforme Decreto Presidencial publicado no Diário Oficial da União, Seção 2, do dia 30 (trinta) de abril de 2010.

Em razão do princípio da alternância, o referido cargo deverá ser preenchido pelo critério de merecimento.

Ficam os interessados cientes de que deverão apresentar seus currículos ao Núcleo de Magistrados, no prazo de 5 (cinco) dias, para atualização dos assentamentos e aferição dos critérios objetivos de que trata a Resolução Administrativa nº 24/2009, deste Tribunal.
João Pessoa, 4 de maio de 2010.

EDVALDO DE ANDRADE
Desembargador Presidente