Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 05 > Definido cronograma para a implantação do Processo Eletrônico em Campina

Definido cronograma para a implantação do Processo Eletrônico em Campina

Ações do documento



                Está garantido o cronograma para a instalação do Processo Eletrônico em Campina Grande. Nesta quinta-feira, no Fórum Irineu Joffily, o presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Edvaldo de Andrade, reuniu os juízes titulares e substitutos e os diretores das Varas do Trabalho, Central de Mandados e Distribuição para discutir os passos que serão dados até o próximo dia sete de junho, quando todas as unidades judiciais passarão a funcionar com processos sem papel.

               

 
 
 



                Acompanharam o desembargador, os juízes Ubiratan Delgado e Lindinaldo Marinho, presidente e vice da Comissão de Informática do TRT, o diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação, Max Frederico Guedes Pereira e o diretor de secretaria da 1ª VT de Santa Rita, a pioneira na adoção do Processo Eletrônico, Joarez Manfrin.



                O desembargador Edvaldo de Andrade pediu empenho aos juízes e servidores não apenas para a implantação do Fórum Eletrônico, mas também para o I Congresso Brasileiro sobre Processo Judicial Eletrônico Trabalhista, evento reunirá juristas de todo o Brasil e acontecerá no período de 07 a 09 de junho, na cidade. O desembargador disse que a Presidência do Regional dará total apoio para a implantação do Processo eletrônico.

                 

Parque tecnológico

               



                O juiz Ubiratan Delgado presidente da Comissão de Informática do TRT, destacou que Campina Grande sempre se mostrou receptiva às inovações, já que cidade tem um dos mais respeitados parques tecnológicos do Brasil. “Além disso, sabemos que o Fórum do Trabalho de Campina tem servidores capacitados e com a marca do entusiasmo”.



                O juiz diretor do Fórum Irineu Joffily, Humberto Halison de Carvalho e Silva, disse que a ida do presidente do TRT, da Comissão de Informática e diretores do Regional, é uma demonstração de apoio da gestão no que se constitui o rompimento de paradigmas: a saída do processo em papel para o eletrônico. “Tenho dito aos colegas que o Processo Judicial eletrônico, no bom sentido, é um caminho sem volta. A adoção por outros Tribunais e pelo Poder Judiciário é uma questão de tempo. Considero que essa prática é uma nova fronteira em busca de uma Justiça mais célere e efetiva”.

 

Cronograma de trabalho

                O cronograma de trabalho para a implantação está definido e teve o apoio dos magistrados e servidores. No próximo dia 24, às 14h, no auditório do Fórum Irineu Joffily, acontecerá um treinamento oferecido pela Secretaria de Tecnologia da Informação aos advogados que militam na Justiça do Trabalho da região de Campina Grande. Do dia 24 ao dia 28, servidores das cinco Varas do Trabalho, Central de Mandados e Distribuição receberão treinamento. No dia 1º de junho, serão realizadas aulas de revisão e no dia dois, novo treinamento com advogados.