Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 05 > Juiz do Piauí conhece de perto processo eletrônico da Paraíba

Juiz do Piauí conhece de perto processo eletrônico da Paraíba

Ações do documento

Como funciona na prática o processo eletrônico. Esse foi o motivo que trouxa à Paraíba o juiz Roberto Wanderley Braga e o assessor de juiz da 1ª Vara do Trabalho de Teresina, no Piauí, José Francisco Benígno Martins. O sistema sem papel será implantado na 22ª Região a partir do dia 1º de julho nas quatro Varas existentes naquela capital e, posteriormente, nas sete Varas do interior.



O juiz Roberto Wanderley se mostrou satisfeito com a versatilidade do processo eletrônico.
“Estamos numa grande expectativa e por isso já estamos digitalizando os nossos processos físicos e treinando os servidores para receber a novidade, que vai proporcionar um menor volume de trabalho”, disse, destacando que percebeu na Paraíba um avanço significativo no desempenho das tarefas.

Os representantes da 22ª Região visitaram o Fórum de João Pessoa e o trâmite processual eletrônico da 9ª Vara do Trabalho e a Central de Mandados Judiciais e de Arrematações. Ainda em João Pessoa, se reuniram na Secretaria de Tecnologia da Informação com o juiz Lindinaldo Marinho. Em pauta as dificuldades enfrentadas no dia a dia dos servidores após implantação do Processo Eletrônico e as soluções encontradas.

 
Auto estima 

O diretor da 1ª Vara de Teresina, José Francisco Martins disse que sentiu o aumento da auto estima dos servidores das Varas de João Pessoa.  “A nossa expectativa de implantação do Processo eletrônico no Piauí é muito grande, então viemos conferir o funcionamento do sistema na prática”, revelou, destacando que trata-se de uma ferramenta muito importante que proporciona celeridade na Justiça do Trabalho.



No mês passado, dois servidores da TRT da Paraíba estiveram no Piauí com o objetivo de transferir tecnologia. Agenor Costa e Ronaldo Farias, da STI analisaram o sistema e o banco de dados daquele Regional, com o objetivo de preparar para a implantação do processo sem papel
 
workshop

Em João Pessoa, os representantes da 22ª Região foram acompanhados pelo juiz Arnaldo José do Amaral, titular da 9ª Vara do Trabalho e o diretor de secretaria, Sinval  Ferreira Filho, bem como o juiz Lindinaldo Marinho, substituto da 4ª Vara de João Pessoa e Agenor Costa, coordenador do Sistema Unificado de Administração Processual – Suap, da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal.



O juiz Roberto Wanderley Braga, que é substituto da 4ª Vara de Teresina no Piauí e coordenador da Central de Mandados, bem como o assessor de Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Teresina, José Francisco Benígno Martins participaram do workshop sobre o “Uso e Manipulação de Documentos Eletrônicos”. O evento foi realizado pela Escola Judicial do TRT da Paraíba, com a coordenação dos juízes Ubiratan Delgado e Lindinaldo Marinho.