Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 05 > Projeto Aula-Audiência leva mais de 120 alunos ao Fórum Trabalhista

Projeto Aula-Audiência leva mais de 120 alunos ao Fórum Trabalhista

Ações do documento



Cento e vinte e sete alunos, do 5º ao 10º período do curso de Direito do Unipê, lotaram o Auditório do Fórum Maximiano Figueiredo para assistir duas audiências da 7ª edição do Projeto Aula-Audiência, presididas pelo juiz titular da 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa, Paulo Henrique Tavares da Silva.

As audiências aconteceram em tempo real e serviram para os estudantes observarem todo o teor, com a participação das partes, testemunhas, advogados e juízes. Antes do início dos trabalhos, o juiz Paulo Henrique fez uma completa explanação do processo em pauta.

"É impressionante a aceitação dos alunos. Para se ter uma idéia, em menos de 24 horas as vagas foram todas preenchidas. O Tribunal está de parabéns por abir as portas para os estudantes, que com certeza estão desfrutando de um aprendizado muito importante para suas carreiras. Os alunos aprendem e o TRT contribui para o desenvolvimento da Justiça Trabalhista", destacou o juiz Paulo Henrique.

Depois de assistirem as duas audiências e seus procedimentos, os estudantes conheceram as instalações da 2ª Vara, visitaram o Memorial da Justiça do Trabalho e ficaram sabendo um pouco da história da Justiça Trabalhista paraibana.


Iniciativa do Tribunal

"O Tribunal do Trabalho e o juiz Paulo Henrique estão de Parabéns por brilhante iniciativa. Estamos vivenciando um momento ímpar. Seria bom se outros tribunais seguissem esse exemplo", disse Onezildo Martins, aluno do 5º período.

"Gostaria de parabenizar todos que fazem o TRT. Essa aula-audiência é simplesmente maravilhosa. São projetos assim que ajudam verdadeiramente os estudantes", destacou Juliana de Lima Silva, estudante do 7º período.

"O que estamos vendo aqui é muito importante para todos nós. Aprendemos demais com essas aulas-audiências e com certeza é fundamental para o nosso crescimento na área do Direito", observou Jahelline Aquino de Oliveira, aluno do 5º período.