Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 05 > Workshop poderá resultar em cartilha sobre uso do Processo Eletrônico

Workshop poderá resultar em cartilha sobre uso do Processo Eletrônico

Ações do documento



Juízes do Trabalho de toda a Paraíba se reuniram nesta sexta-feira em João Pessoa, no Fórum Maximiano Figueiredo, para conversarem sobre o “Uso e Manipulação de Documentos Eletrônicos”. A promoção do workshop foi da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho, com a coordenação dos juízes Ubiratan Delgado e Lindinaldo Marinho.

“Estamos aqui para mostrar algumas práticas que facilitam o manuseio do Processo Eletrônico e identificar dificuldades que porventura os colegas tenham. Com esse troca de experiências queremos evoluir, nos ajudar mutuamente e até a colegas de outros Tribunais onde venham a ser implantados o processo sem papel”, disse o juiz Ubiratan Delgado.

O juiz Lindinaldo Marinho apresentou soluções simples que já estão sendo usadas em algumas unidades. Com a participação e sugestão de todos os magistrados, o material será compilado e transformado em uma cartilha.

O vice-diretor da E-Jud, juiz Arnaldo José do Amaral, ficou satisfeito com o resultado do workshop e disse que a cartilha será um instrumento valioso para um uso cada vez melhor do Processo Eletrônico. Participaram do Workshop o juiz Roberto Wanderley Braga e o assistente de Juiz da 1ª Vara do Trabalho de Teresina, no Piauí, José Francisco Benígno Martins.