Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 08 > Patos é a 18ª Vara do Trabalho da Paraíba com processos sem papel

Patos é a 18ª Vara do Trabalho da Paraíba com processos sem papel

Ações do documento

publicado: 17/08/2010 09h42 última modificação: 30/09/2016 10h16

A Vara do Trabalho de Patos entra na segunda semana depois da implantação do processo eletrônico registrando uma média de três novos processos por dia. O primeiro processo eletrônico foi autuado com o número 589/2010/01. O processo eletrônico foi implantado no último dia 9, transformando-se na 18ª unidade a trabalhar somente com processo sem papel na Paraíba.


A implantação foi feita pela juíza titular Maria das Dores Alves, a diretora de secretaria, Maria Auxiliadora Queiroz de Oliveira, o diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação do TRT, Max Frederico e pelos servidores da STI, Elsie Fátima Lacet e Samuelson Wagner de Araújo e Silva. 


 De acordo com a diretora de Secretaria Auxiliadora Queiroz, o movimento dos advogados diminuiu. “No primeiro dia já foram protocoladas petições iniciais de forma eletrônica, além dos protocolos gerais. “A sala dos advogados foi equipada com digitalizadora e computador e tem sido utilizada, sob a orientação dos servidores, pelos advogados que procuraram a Vara com petições em papel”, disse.


Na unidade os servidores já sentem a diminuição no número de atendimento. “Inicialmente estão sendo digitalizados integralmente todos os processos da fase de conhecimentos, as audiências desde o dia 9 (dia da implantação) já têm sido realizadas com processos 100% digitalizados. O momento é de expectativa porém de otimismo quanto aos resultados do processo eletrônico”, completou Auxiliadora.


A STI iniciou os treinamentos para implantação da Vara Eletrônica de Patos no dia 2 com os servidores Elsie de Fátima e Samuelson Silva. No dia 6, Samuelson ministrou palestra para os advogados que militam na Jurisprudência de Patos. O diretor da Secretaria de Informática do TRT, Max Frederico Feitosa Guedes Pereira, registrou o apoio e a colaboração que a equipa da STI recebeu da Titular da Vara, juíza Maria das Dores, da diretora de Secretaria, Maria Auxiliadora e todos os servidores, que “de forma entusiasta e consciente do momento histórico que viviam, são os verdadeiros responsáveis pelo sucesso na implantação”, disse.

 Processo eletrônico na Paraíba
Na Paraíba já são eletrônicos os Fóruns Trabalhistas de Santa Rita, João Pessoa, Campina Grande e a Vara do Trabalho de Guarabira. Nas 18 unidades já são mais de 21 mil processos sem papel. Essa atualização pode ser comprovada minuto a minuto, já que a Secretaria de Tecnologia da Informação instalou o chamado “Processômetro”, que no site do TRT (www.trt13.jus.br) exibe o número exato de processos que são autuados eletronicamente.