Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 08 > TRT da Paraíba ganha mais um prêmio Nacional

TRT da Paraíba ganha mais um prêmio Nacional

Ações do documento

publicado: 24/08/2010 09h04 última modificação: 30/09/2016 10h16


O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba conquistou o primeiro lugar no Prêmio Nacional de Educação Corporativa do Judiciário. A escolha do projeto Media Training para Magistrados, da Assessoria de Comunicação Social, desenvolvido pelos jornalistas José Vieira Neto e Rosa Aguiar, aconteceu durante o Congresso Brasileiro de Educação Corporativa, que aconteceu na semana passada, dos dias 18 a 20, em São Luís, Maranhão.

No congresso estavam projetos de destaque na área de educação corporativa do Judiciário brasileiro divididos em sete categorias. Na finalíssima da categoria Educação e Comunicação foram classificados três trabalhos e a Paraíba concorreu com os projetos Comunicação & Justiça, do TRT do Maranhão, que ficou em 2º Lugar e Só Sei Que Nada Sei, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Rio Grande do Sul, em 3º lugar.

A apresentação do trabalho da Paraíba foi feita pelo assessor de comunicação José Vieira Neto. A comissão julgadora estava composta pelos professores Ilzeni Silvas Dias (mestrado em Educação - UFMA), Maria de Fátima Rios (UEMA) e Ernesto Mandelli (UNDB).

Ineditismo do Media Training

O Tribunal paraibano é o único da Justiça trabalhista do país que tem um curso preparado pela a Assessoria de Comunicação para treinar seus magistrados e gestores para lidar com a mídia. “Foi uma grata surpresa, principalmente porque comprovamos que esta escassez existe não apenas na Justiça do Trabalho, mas em todas as esferas do Poder Judiciário. Não temos conhecimento de nenhum tribunal que tenha o seu próprio treinamento montado. Os cursos de Media Training, necessários e muito comuns atualmente, são ministrados somente por empresas privadas e com custos altíssimos”, disse o jornalista José Vieira Neto.

A oficina de Media Training já foi ministrada na Paraíba por duas vezes e no TRT de Pernambuco. O conteúdo aborda o relacionamento com a mídia, prevenção de crises, como criar pautas para render notícias, especificidades dos meios impressos e eletrônicos, o discurso na TV, a linguagem não verbal, técnicas para entrevistas e exercícios práticos com gravação em vídeo.

É o segundo prêmio nacional do TRT este ano

No início de junho, o TRT da Paraíba conquistou o primeiro lugar em outro prêmio nacional com o projeto Cordel do Trabalho, de autoria da Assessoria de Comunicação Social e implementado pelo próprio Tribunal e pela Associação de Magistrados do Trabalho da 13ª Região - Amatra 13, no 8° Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça (PNCJ), durante o 6° Congresso Brasileiro de Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom), realizado em Porto Velho (RO).

O projeto divulga os direitos do trabalhador por meio de repentes de autoria do artista Oliveira de Panelas em emissoras de rádios do estado, que receberam Cds com 15 versos. Os repentes abordam, entre outros temas, salário, férias, fundo de garantia, aviso prévio, demissão, descanso semanal, trabalho doméstico e assédio moral e sexual.