Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 11 > Tribunal implanta Varas Eletrônicas em Cajazeiras e Sousa

Tribunal implanta Varas Eletrônicas em Cajazeiras e Sousa

Ações do documento

publicado: 18/11/2010 10h21 última modificação: 30/09/2016 10h16


Falta apenas a Vara do Trabalho de Mamanguape, na zona da mata do estado, para que o Tribunal do Trabalho da Paraíba passe a utilizar tanto na Primeira quanto na Segunda Instâncias exclusivamente processos eletrônicos. Será o primeiro estado do Brasil onde a Justiça do Trabalho terá somente processos sem papel.


Nesta terça-feira o presidente do TRT, desembargador Edvaldo de Andrade, entregou as Varas do Trabalho Eletrônicas de Cajazeiras e Sousa. Durante uma semana, servidores e advogados receberam treinamento da equipe da Secretaria de Tecnologia do Tribunal e vão ficar mais cinco dias oferecendo suporte para o perfeito funcionamento do novo sistema.


Desde 2008 o TRT da Paraíba vem implantando o processo eletrônico em todas as unidades administrativas e judiciais. Na atual gestão, foi implementada a tramitação digital dos processos judiciais e administrativos na Segunda Instância. O fechamento da região eletrônica acontecerá no próximo dia 29, quando a Vara do Trabalho de Mamanguape também passará a utilizar o processo eletrônico.

Cajazeiras
Em Cajazeiras, o presidente do TRT destacou que o processo eletrônico, além de trazer segurança e transparência, proporciona qualidade de vida, já que quase todo o trabalho processual dos advogados pode ser feito do escritório. Evita, ainda, o manuseio de volumes de papel e permite o acompanhamento pelas partes de todas as etapas da tramitação.



A juíza titular de Cajazeiras, Maria Lilian Leal de Souza, disse que o processo eletrônico está consolidado e é uma ferramenta que vai dar a sociedade decisões mais rápidas. Para o diretor de secretaria Antônio José da Paz Gomes da Silva sair do processo físico para o digital é sem dúvida um sonho. “O empenho do nosso Tribunal nesta área de informática foi primordial para que hoje participássemos da inauguração de mais uma Vara Eletrônica no nosso Estado, deixando, desde já, registrado o apoiou e incentivo dado pelo presidente dr. Edvaldo de Andrade nesta área da informática, quando proveu todas as varas do trabalho com os aparelhos eletrônicos necessários para o bom funcionamento do Processo eletrônico”.



O advogado Francinaldo Bezerra Lopes falou dos benefícios que o novo sistema trará: “A Justiça do Trabalho, que já é ágil, agora passa a ser exemplar. Cremos que os trabalhadores e os empresários terão suas demandas resolvidas ainda com mais qualidade”. Ainda em Cajazeiras foi entregue a sala dos advogados, uma reivindicação da classe. O ambiente foi preparado, mobiliado e equipado pela subseção da OAB local.


Sousa
Em Sousa o desembargador Edvaldo de Andrade destacou o trabalho da Secretaria de Tecnologia e assegurou aos advogados e servidores que o Regional estará à disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre os novos procedimentos. 



A juíza Francisca Poliana Rocha de Sá, que está atuando como substituta na VT de Sousa destacou o momento histórico para a cidade. “Estamos, neste momento, fazendo história, entregando um serviço que exalta, sobretudo, o exercício da cidadania”. O diretor de secretaria em Sousa é Welton da Silva Mangueira.



Nas duas cidades o diretor da STI – Secretaria de Tecnologia da Informação, Max Frederico Pereira, exaltou a ação dos servidores da unidade e falou do trabalho que está por vir, como a atualização do Suap – Sistema Unificado de Administração de Processos, que vai migrar para uma versão que rodará na internet, podendo ser acessado de qualquer computador ligado à rede mundial e com uma velocidade bem superior a atual. Também acompanhou o presidente do TRT o secretário da Corregedoria Aryoswaldo Espínola.



Nas VTs de Cajazeiras e Sousa ministraram o treinamento os servidores Otaviano José Alcântara, Rogério Costa da Silva, Agenor da Costa Júnior e Elsie Menezes Lacet.