Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 12 > Projeto Arrematar começa nesta quarta (1º) e leiloa bens em toda a Paraíba

Projeto Arrematar começa nesta quarta (1º) e leiloa bens em toda a Paraíba

Ações do documento

O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba realiza mais uma edição do Projeto Arrematar, que começa nesta quarta, dia 1, e vai até sexta-feira, 3 de dezembro. Desta vez o mega-leilão está abrangendo toda a jurisdição do TRT e acontece nos municípios de João Pessoa, com 86 processos, Campina Grande, 80, Itabaiana, 2, Santa Rita, 20, Areia, 6, Guarabira, 20, Mamanguape,18, Picuí, 7, Cajazeiras, 6, Sousa, 28, Catolé, 5, Patos, 11, Monteiro, 3.

O Projeto tem a coordenação da Juíza Supervisora da Central de Mandados de João Pessoa, Tais Priscilla Ferreira Resende da Cunha e Souza  As Varas do Trabalho com processos incluídos na pauta estão com um juiz de plantão para decidir sobre os requerimentos pertinentes aos processos em leilão.

A última edição do Projeto Arrematar deste ano começa em Campina Grande, dia 1, às 9h, no Fórum Trabalhista Irineo Joffily. Nas demais cidades do interior o mega-leilão acontece dia 2, nas Varas do Trabalho, a partir das 9h, e em  João Pessoa e Santa Rita será realizado dia 3 de dezembro, às 8h, no Fórum Maximiano Figueiredo.

O leilão será realizado na forma presencial e eletrônica. São ao todo 292 processos com bens divididos em lotes que serão oferecidos para arrematação, com o objetivo de pagar dívidas trabalhistas. O edital do leilão, disponível nos locais onde o Projeto Arrematar irá acontecer, informa que 5% do valor da arrematação serão revertidos em prol do leiloeiro oficial, Alexandre Nunes.

Os bens poderão ser arrematados individualmente ou por lote, a critério do juiz. Não serão aceitas ofertas para pagamento parcelado cujas prestações sejam inferiores a 1/10 do valor da avaliação do bem, podendo ser parcelado em, no máximo, 10 vezes, contando o sinal de 30%.

Todas as pessoas físicas e jurídicas podem participar do leilão. A identificação será feita mediante documentos pessoais que deverão ser apresentados nos locais onde o evento está acontecendo. O edital também traz a listagem de todos os bens que estão sendo ofertados. São computadores, móveis, apartamentos, residências, prédios comerciais, equipamentos hospitalares, material de escritório, automóveis e motocicletas.

Em Campina Grande o Projeto Arrematar está oferecendo um prédio situado na avenida Epitácio Pessoa, no Centro, onde está instalado o Hospital Central do Município, avaliado em R$ 920 mil. Outro destaque é um prédio industrial na rua Malheiro, no bairro de Bodocongó, formado por escritório, prédio, galpão, oficina e almoxarifado, totalizando cerca de três hectares, avaliado em R$850 mil.

Em João Pessoa o Projeto Arrematar está oferecendo, entre diversos bens,  prédio onde funciona o Ibiza Motel, na avenida Liberdade, avaliado em R$ 1.846.700,00 e na praia do Bessa, uma das mais valorizadas da orla da Capital, prédio sede do Iate Clube da Paraíba, avaliado em R$ 9.000.000 Na Vara do trabalho de Guarabira, o leilão irá oferecer um hospital, localizado à Rua Celso Cirne, nº 458 no Centro de Solânea, constando uma área de construção de 2.676,98m², em terreno com área de 3.652,42m², avaliado em R$ 1.956.872,38 (um milhão, novecentos e cinquenta e seis mil reais, oitocentos e setenta e dois reais).

Em Catolé do Rocha o destaque é um terreno em área urbana, localizado na avenida Deputado Américo Maia, medindo quatro mil e quinhentos e setenta e cinco metros quadrados, que contém a Maternidade Silva Mariz, medindo uma área construída de 1.741 m2, avaliada em R$ 2.516.250,00 ( dois milhões quinhentos e dezesseis mil e duzentos reais).

Em Mamanguape o Projeto Arrematar está oferecendo, entre outros bens, um  imóvel territorial e agrícola denominado Água Clara I, desmembrado da propriedade Água Clara, situado no município e Comarca de Rio Tinto, Estado da Paraíba, com uma área total de 400,27 hectares avaliado em R$ 800.000 (oitocentos mil reais).

O destaque do Projeto Arrematar na Vara de Areia é um prédio residencial localizado no município de Solânea, na  rua Napoleão Laureano, com área coberta de cerca de 450 metros quadrados, avaliada em R$220.000 ( duzentos e vinte mil reais).

Na Vara do Trabalho de Monteiro será oferecida uma casa de alvenaria com três quartos, duas salas, uma cozinha, copa e banheiro, edificada em terreno de 4,5m X 14,0m, piso em cimento queimado, telhado em madeira e telha, localizada na Rua Manoel Medeiros, 111, Mandacaru, no município de Sumé, avaliada em R$ 7.000,00 (sete mil reais).

Em Patos o leilão vai oferecer uma parte de terra encravada no sítio denominado Areia de Baraúna, Data Caiçara dos Borges, no Município de Areia de Baraúna, com suas respectivas benfeitorias, com área de 9,0 (nove) hectares, incluindo o açude de porte médio, avaliada em R$ 50.000 (cinqüenta mil reais).

O edital do Projeto Arrematar traz em Santa Rita um veículo Ford Ranger XL, tipo camioneta cabine dupla, ano/modelo 2002/2003, cor prata,valor total da avaliação R$ 42.000,00 (quarenta e dois mil reais) Em Sousa o destaque é uma área de terra na granja Xique-xique, com três hectares, avaliada em R$ 480.000 (quatrocentos e oitenta mil reais)Bens de menor valor também serão ofertados Em Cajazeiras o edital do Projeto Arrematar traz uma moto Honda Biz, 125, 2008, Preta, em bom estado, avaliada em R$5 mil.
 
Os interessados podem ver todos os bens que irão à leilão nos municípios paraibanos no endereço eletrônico:www.trt13.jus.br/projeto arrematar ou www.projetoarrematar.com.br