Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2011 > 03 > Comissão de Informática do TRT faz 1ª reunião de 2011

Comissão de Informática do TRT faz 1ª reunião de 2011

Ações do documento

publicado: 01/03/2011 12h04 última modificação: 30/09/2016 10h16

O TRT da Paraíba divulgou os nomes dos representantes da nova composição da Comissão Permanente de Informática. O desembargador Ubiratan Delgado foi reconduzido como presidente da Comissão, e o juiz Lindinaldo Marinho também permanece como  representante dos magistrados de primeira instância.





A Comissão Permanente de Informática tem como objetivo planejar os investimentos em tecnologia da informação e avaliar as ações propostas pela Secretaria de Tecnologia da Informação, verificando sua viabilidade e acompanhando sua execução. O desembargador Ubiratan Delgado ressaltou que “a Comissão de Informática faz uma ponte entre o usuário e a Secretaria de Tecnologia”.

Todas as decisões são discutidas em reuniões. Formada por uma equipe multidisciplinar a Comissão Permanente de Informática possui a visão de diversas áreas que dá legitimidade as decisões tomadas. A sua composição inclui ainda o secretário geral da Presidência, Albanete Maria de Sousa, o diretor geral do TRT, Glauco Campos, o diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação, Max Guedes Pereira,  o secretário da Corregedoria, Alexandre Gondim, o Assessor de Gestão Estratégica, Samuel Norat, um diretor de Secretaria de Vara, representado pelo servidor Abílio Sá Neto, da  6ª Vara do Trabalho de João Pessoa, um servidor da Secretaria de Tecnologia da Informação, rerpesentado por Agenor da Costa Júnior, e um servidor da Corregedoria, representado por Ronaldo Araújo Costa Júnior. 





Redução do trabalho manual

“A Comissão de Informática é um órgãos consultivo do TRT mas que também propõe alterações, mudanças e define as urgências nos sistemas de informática” diz o desembargador Ubiratan Delgado. Os novos representantes participaram da primeira reunião com a nova composição e definiram algumas prioridades para este ano. Ficou definido que até o final do mês de março a Secretaria de Tecnologia da Informação deverá aperfeiçoar o Suap – Sistema Único de Administração de Processos.

Outra definição tomada pelos representantes da Comissão foi em relação aos procedimentos eletrônicos na segunda instância. Foi formada  uma sub-comissão,  com os servidores Wladimir Azevedo, diretor da Secretaria do Tribunal Pleno, Aryoswaldo Espínola, assessor chefe do gabinete do desembargador Ubiratan Delgado, e Marcônio Madruga, que deverão apresentar estudos técnicos e jurídicos para a melhoria dos fluxos dos procedimentos na segunda instância com o objetivo de reduzir o trabalho manual e agilizar, assim, os prazos.

 É também função da Comissão Permanente de Informática propor ações para atender as solicitações do tribunal Superior do Trabalho além de  receber e analisar as críticas e sugestões dos usuários, sejam eles advogados ou servidores. Para isso dispõe de um endereço eletrônico comissaodeinformatica@trt13.jus.br .