Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2011 > 06 > TRT conquista a 3ª colocação no Prêmio Nacional de Comunicação

TRT conquista a 3ª colocação no Prêmio Nacional de Comunicação

Ações do documento



A cartilha Acidente de Trabalho: informativo, do Tribunal do Trabalho da Paraíba e Amatra 13, conquistou a terceira colocação no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria Publicação Especial. Os prêmios foram entregues durante o VII Congresso Brasileiro de Comunicação e Justiça, realizado de 20 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. A primeira colocação ficou com o trabalho ABC do Mangue, da Procuradoria da República em Alagoas.

No ano passado o TRT da Paraíba também foi premiado. O Projeto Cordel do Trabalho conquistou dois primeiros lugares, no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça na categoria Projeto Institucional e Prêmio Anamatra de Direitos Humanos, na categoria Judiciário Cidadão. O projeto Media Training para Magistrados conquistou o primeiro lugar no Prêmio Nacional de Educação Corporativa do Judiciário. Já no ano de 2006 a campanha elaborada pela ACS para a divulgação do Projeto Arrematar conquistou o 2º lugar do Prêmio Nacional de Comunicação.

O trabalho de pesquisa foi coordenado pela juíza do trabalho Ana Paula Cabral e a equipe composta pelos servidores do TRT Evanise Jurema, Fred Pedrosa e Genildo Lucena. O projeto gráfico é de Ricardo Araújo e a coordenação da Assessoria de Comunicação do Tribunal. A cartilha foi produzida na gestão do então presidente Edvaldo de Andrade e do vice-presidente Paulo Maia Filho, encerrada em dezembro passado. Na época a Amatra 13, era presidida pelo juiz André Machado.

Entre os palestrantes do evento no Rio de Janeiro estava o Assessor de Comunicação do TRT da Paraíba, José Vieira Neto, que ministrou oficina sobre “Reportagem de TV”. A abertura foi feita pela ministra Eliana Calmon, do Superior Tribunal de Justiça.