Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2011 > 06 > TRT está na finalíssima do Prêmio Nacional de Comunicação

TRT está na finalíssima do Prêmio Nacional de Comunicação

Ações do documento




O Tribunal do Trabalho da Paraíba está na finalíssima do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria Publicação Especial, com a cartilha Acidente de Trabalho: informativo. Os grandes vencedores serão conhecidos durante o VII Congresso Brasileiro de Comunicação e Justiça, que será realizado na próxima semana, no período de 20 a 22 de junho, no Rio de Janeiro.

Este ano o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, em sua nona edição, recebeu um total de 178 trabalhos, batendo recorde de inscrições. A premiação é uma iniciativa do FNCJ – Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, organização não-governamental, sem fins lucrativos, entidade representativa dos assessores de Comunicação Social do Judiciário, do Ministério Público, Defensorias, Tribunais de Contas e instituições afins de todo o País, voltada ao desenvolvimento de debates e ações para aproximar as organizações públicas do cidadão.

“Vamos comemorar, e muito, essa classificação do trabalho do TRT, já que este ano a batalha será duríssima”, disse o assessor de comunicação do Tribunal, jornalista José Vieira Neto.

A cartilha

O objetivo da cartilha é despertar patrões e empregados para a importância da prevenção a acidentes de trabalho. A linguagem e conteúdo editorial do trabalho são adequadas ao público alvo. Com uma linguagem simples e direta, a cartilha é dividida por temas. Tem títulos curtos e chamativos, como: O que é o acidente de trabalho; o que fazer quando ocorre; o que provoca acidentes de trabalho; o que fazer para evitar; danos causados ao trabalhador; prejuízos da empresa  e custos resultantes para a sociedade e direitos do trabalhador acidentado. 

O trabalho de pesquisa foi coordenado pela juíza do trabalho Ana Paula Cabral e a equipe composta pelos servidores do TRT Evanise Jurema, Fred Pedrosa e Genildo Lucena. O projeto gráfico é de Ricardo Araújo e a coordenação da Assessoria de Comunicação do Tribunal.

A cartilha foi produzida na gestão do então presidente Edvaldo de Andrade e do vice-presidente Paulo Maia Filho, encerrada em dezembro passado. Teve o apoio da Amatra 13, na gestão do então presidente juiz André Machado.

Finalistas

Uma boa coincidência é que o Tribunal Superior do Trabalho está dedicando o ano de 2011 à prevenção de acidentes de trabalho, que acaba a vida e encerra a carreira profissional de pessoas e gera bilhões de prejuízos para o setor público e para a sociedade.

 Na categoria Publicação especial, estão na finalíssima quatro trabalhos:

- Construindo a Cidadania, defendendo a Constituição: realizações do Ministério Público de Pernambuco, inscrito pela assessora de comunicação da instituição, Evângela Azevedo de Andrade.

- Gibi Turminha do MPF, Procuradoria Geral da República, inscrito pela assessora de comunicação da instituição, Giselly Siqueira.

- Cartilha-Jogo ABC do Mangue, Procuradoria da República em Alagoas, inscrito pela assessora de comunicação da instituição, Maria das Graças de Carvalho Gonçalves.

- Acidente de Trabalho – Informativo, Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, inscrito pelo assessor de comunicação da instituição, jornalista José Vieira Neto.

Oficina de TV

O Assessor de Comunicação do TRT da Paraíba, José Vieira Neto, foi convidado pela organização do VII Congresso Brasileiro de Comunicação e Justiça para ministrar uma oficina sobre “Reportagem de TV”, que acontecerá no segundo dia do evento, na terça-feira,  21, às 14h.

Na programação do congresso está prevista a conferencia do ministro Cezar Peluso – presidente do Supremo Tribunal Federal e Conselho Nacional de Justiça, na abertura, e a participação, durante os três dias, de jornalistas como Ana Paula Araújo, da TV Globo; Cristina Grillo, da Folha de São Paulo; Ancelmo Góis, do Jornal O Globo e Ricardo Boechat, da TV Bandeirantes.