Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2011 > 09 > TRT da Paraíba tem novo desembargador

TRT da Paraíba tem novo desembargador

Ações do documento


O Tribunal do Trabalho da Paraíba empossou, nesta quinta-feira (1º), o desembargador Eduardo Sérgio de Almeida que assumiu o cargo pelo critério de antiguidade. A solenidade aconteceu no auditório do Tribunal Pleno, em João Pessoa, e contou com a presença do ministro corregedor-geral da Justiça do Trabalho, Antônio José de Barros Levenhagen.

O presidente do TRT, desembargador Paulo Maia Filho, designou os desembargadores Edvaldo de Andrade e Carlos Coelho para conduzir o novo desembargador ao Pleno. O novo membro da Corte prestou compromisso, assinou o termo de posse e recebeu a insígnia da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau Grã-Cruz.

Em nome da Corte, o magistrado foi saudado pelo desembargador Ubiratan Delgado. “A Corte está em festa após um tormentoso processo que culminou na lei que alterou a composição do Regional ampliando para dez o número de desembargadores. Hoje, preenche-se a primeira das duas vagas abertas. A responsabilidade é grande, mas a inteligência de Vossa Excelência muito irá contribuir para as decisões desta Corte”, disse.

O procurador-chefe do Ministério do Trabalho na Paraíba, Eduardo Varandas, disse que “toda vez que um magistrado ascende em sua carreira, quem de fato ganha não é o Tribunal, mas toda a sociedade. A batalha será grande, mas há um grande ponto de luz nessa batalha”, observou, desejando boa sorte na nova missão.

OAB-PB e Amatra 13

Em nome da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Paraíba, o advogado José Mário Porto saudou o desembargador Eduardo Sérgio. “Cumpro, em nome da minha Instituição, a missão de saudá-lo no ingresso a esta Corte. Desenvolveu com maestria e desenvoltura o seu papel na primeira instância e haverá de continuá-lo aqui no Tribunal”. Aproveitou para cumprimentar os familiares do empossado presentes à solenidade.

Os magistrados trabalhistas foram representados pelo presidente da Amatra 13, juiz Adriano Dantas. Em seu discurso, o magistrado falou da satisfação em cumprimentar o mais novo desembargador do trabalho. “A partir de agora, o desembargador não atuará mais sozinho em seu gabinete, mas de forma colegiada. Desejo sabedoria e humildade na prestação do serviço”, destacou.

Nova etapa da vida profissional

O desembargador Eduardo Sérgio disse que iniciava, naquele momento, uma nova etapa de sua vida profissional e lembrou que ingressou na Justiça do Trabalho em 1987. “Entendo a minha atividade profissional como dever a serviço das mais altas finalidades do estado, que são, em última análise, a busca incessante do bem comum e do bem-estar da coletividade, mediante distribuição da justiça, encarada esta não só como atividade jurisdicional, senão também, como criação de condições adequadas para o desenvolvimento pleno da cidadania”, registrou.

O desembargador reafirmou seu compromisso de continuar agindo, como magistrado, na defesa dos interesses sociais genuínos, nos limites humanos da imparcialidade, sem esquecer que o juiz deve ser imparcial, porém não neutro. “A imparcialidade é um valor passível de ser perseguido. A neutralidade, mera desculpa para a inércia ou para a falta de coragem”, finalizou.

Estiveram presentes à solenidade representantes do Governo do Estado da Paraíba, do Tribunal de Justiça, do Tribunal de Contas, do Tribunal Regional Eleitoral, da Assembleia Legislativa, da Prefeitura de João Pessoa, da Procuradoria-Geral do Estado, da Procuradoria-Geral da União, da Procuradoria da República e Procuradoria Regional Eleitoral do Estado de Pernambuco, do Banco do Brasil, do Unipê, da Fundação Casa de José Américo, da Astra 13, da Credjust, do Sindjuf/PB, além de juízes do trabalho, diretores e servidores do TRT, familiares e convidados do empossado.