Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2011 > 11 > Municípios da Paraíba conciliam precatórios trabalhistas

Municípios da Paraíba conciliam precatórios trabalhistas

Ações do documento

Municípios do interior da Paraíba estão aproveitando a Semana da Conciliação para negociar o pagamento de precatórios trabalhistas. Nesta terça-feira (29), no município de Itaporanga, distante 425 quilômetros de João Pessoa, foram conciliados 29 processos, somando um R$ 154.598,75. A maior negociação envolveu o município de Nova Olinda, com 16 processos, atingindo o valor de R$ 135.985,45.

As audiências na Vara do Trabalho estão sendo realizadas pelo juiz titular, André Wilson Avellar de Aquino, com o apoio do diretor de Secretaria, Amaury Soares de Lacerda e dos servidores Aloiso Félix de Oliveira, Terezinha Oliveira Remígio e Nivaldo Correia Freitas de Oliveira.

Fechamento do Fórum de João Pessoa
Em João Pessoa, um vazamento de óleo diesel no grupo gerador de energia do Shopping Tambiá provocou o fechamento de todas as Varas do Trabalho na manhã desta terça-feira. Segundo a administração do shopping, o forte cheiro do combustível foi distribuído pelo sistema de ar condicionado, impedindo as pessoas de continuarem nas salas.

O vice-presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Carlos Coelho, que está no exercício da Presidência, transferiu as audiências não realizadas para a sede do Tribunal do Trabalho, com a concordância das partes e advogados. Juízes e servidores fizeram plantão para a realização das audiências de conciliação.

Em uma audiência na sede do TRT, um acordo foi feito com um vigia, que trabalhou por 9 anos em uma empresa e reclamava da diminuição do salário e o não pagamento do adicional noturno em um processo que tramitava há um ano. Quando soube da Semana da Conciliação aceitou negociar e recebeu R$ 7 mil.

Audiências agendadas na capital
 Para a semana da conciliação, cerca de 450 audiências foram agendadas nas 9 Varas do Trabalho de João Pessoa. Na 2ª Vara, foram realizadas na segunda-feira (28), 35 audiências de conciliação, totalizando R$ 114.500,00. As audiências foram presididas pela juíza Andrea Longobardi Asquini. A diretora da VT é Marta Rivera.

Monteiro
 Na Vara do Trabalho de Monteiro, distante 303 quilômetros da capital, foram conciliados 10 processos, todos contra empresas privadas, somando um total de R$ 27.999,00. Segundo o diretor de secretaria substituto, Odon de Paiva Pimenta Júnior, as audiências estão sendo realizadas pelo juiz titular, José Fábio Galvão, com o apoio dos servidores da Unidade.