Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2012 > 06 > Audiência no TRT não encerra greve na Cagepa

Audiência no TRT não encerra greve na Cagepa

Ações do documento

Não houve acordo na audiência de conciliação no dissídio coletivo de greve ajuizado pela Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa). A audiência aconteceu na manhã desta terça-feira no Tribunal do Trabalho da Paraíba, em João Pessoa, e foi presidida pelo desembargador Carlos Coelho, vice-presidente do TRT.

A Cagepa foi representada pelo diretor administrativo e financeiro Jorge Gurgel de Souza, que no início da audiência já declarou a impossibilidade de um acordo. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Paraíba (STIUPB) foi representado pelo seu presidente, Wilton Maia Velez, e pelo advogado Giuseppe Fabiano do Monte Costa.

Uma das condições apresentadas pelo sindicato para terminar a greve foi a demissão dos empregados ocupantes de cargos comissionados. O advogado do STIUPB disse que a categoria vem cumprindo a determinação da Justiça e vem mantendo um patamar superior a 40% do total de empregados da atividade-fim trabalhando. Em relação aos demais empregados está sendo obedecido o mínimo de 40%.

Uma nova audiência foi marcada para o próximo dia 19, ao meio dia, na sede do TRT, para a apresentação de razões finais. O desembargador Carlos Coelho e o representante do Ministério Público do Trabalho, o procurador do Trabalho Cláudio Cordeiro Queiroga Gadelha, se colocaram à disposição das partes, sugerindo avanço nas negociações que possam levar a um acordo e o consequente fim da greve.