Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2012 > 06 > TRT da Paraíba tem trabalho reconhecido pelo TST

TRT da Paraíba tem trabalho reconhecido pelo TST

Ações do documento

O presidente do Tribunal do Trabalho, desembargador Paulo Maia Filho, recebeu do corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Antônio José de Barros Levenhagen, a medalha Mérito Funcional pela conclusão da implantação, na Segunda Instância, do Sistema de Gerenciamento de Informações Administrativas e Judiciárias da Justiça do Trabalho (e-Gestão). A solenidade de premiação foi realizada no Tribunal Superior do Trabalho na última quinta-feira, quando também houve a entrega do certificado "Mérito Funcional" aos integrantes dos Comitês Regionais e do Comitê Nacional do e-Gestão. Todos os 24 TRTs do Brasil participaram do projeto e os presidentes dos Regionais receberam a medalha Mérito Funcional.







A equipe da Paraíba que trabalhou na implantação do e-Gestão era formada pelo juiz Lindinaldo Marinho, que na solenidade de entrega da medalha e certificados foi representado pelo juiz-auxiliar da Presidência, Marcello Maia, e pelos servidores Agenor da Costa Júnior, da área de informática, e Ronaldo de Araújo Costa Júnior, da Corregedoria).

O ministro agradeceu o empenho e o trabalho de todos no desenvolvimento e na implantação do sistema e disse que a medalha e o certificado são uma "forma de reconhecimento aos esforços empreendidos pelos grupos envolvidos neste projeto de tamanha envergadura e importância". Ele lembrou que os dados estatísticos da Justiça do Trabalho anteriormente eram coletados de forma manual e que agora são processados eletronicamente, com a possibilidade de elaboração de relatórios atualizados e em tempo real.

Levenhagen informou ainda que o e-Gestão permitiu, na prática, a realização da primeira correição totalmente eletrônica, ocorrida no Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (MS). "O e-Gestão foi aprovado pela eficiência e simplificação na obtenção dos dados do Tribunal, que puderam ser coletados em tempo bem menor", concluiu.