Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2013 > 05 > Justiça do Trabalho oferece Aula-Audiência a alunos de Direito

Justiça do Trabalho oferece Aula-Audiência a alunos de Direito

Projeto foi idealizado pelo juiz do Trabalho Paulo Henrique Tavares, da 5ª Vara de João Pessoa

Ações do documento

Cerca de cem estudantes de Direito da Universidade Federal da Paraíba, do Unipê e do Iesp, participaram da Aula-Audiência – um projeto idealizado pelo juiz Paulo Henrique Tavares, titular da 5ª Vara do Trabalho de João Pessoa. A aula aconteceu no auditório do Fórum Maximiano Figueiredo, em João Pessoa, na última quinta-feira, 23.

No projeto os alunos assistem a várias audiências, realizadas no auditório do Fórum Trabalhista com serviço de som e telão. O juiz Paulo Henrique Tavares disse que a ideia surgiu a partir de uma necessidade própria quando ainda era estudante. “Percebi, ainda estudante, como era difícil o acesso ao Fórum e ao funcionamento da Justiça. A Aula-Audiência é para mim um projeto de vida. Estabeleci como meta que se chegasse a magistrado, iria propiciar aos alunos a oportunidade de ter essa acolhida, para que eles vejam como funciona a Justiça e tirem suas dúvidas”.

O projeto começou em 2007 e acontece sempre a cada semestre. Cerca de dois mil alunos já participaram do projeto. Os alunos têm contato com uma sala de audiência real, com o magistrado, advogados e com as partes nos processos. Durante a audiência o juiz explica o passo a passo do rito processual, o que está acontecendo e depois permanece com os alunos para um debate e esclarecimento de dúvidas.

O estudante de Direito Danilo Alves ressaltou a iniciativa: “Não temos a oportunidade de ver uma situação real na sala de aula, e é de extrema importância conhecer na prática, porque amanhã seremos os profissionais da Justiça”. Já Ronald Luis Queiroz ficou impressionado com a rapidez dos acordos. “É muito curioso a celeridade nos acordos na Justiça Trabalhista para resolver os litígios. Tudo foi surpresa para mim porque eu nunca tinha participado de uma audiência”, disse.

Foram realizadas três audiências unas (audiência onde o objetivo é resolver o processo em uma única sessão) e três de instrução, envolvendo seis processos trabalhistas abordando temas como dano moral, pagamento de hora extra, pagamento de salário atrasado, entre outros. O juiz Paulo Henrique Tavares ressaltou ainda que o projeto tem o objetivo de despertar vocações. “O projeto também contribui para despertar vocações, não só de advogados, mas também de procuradores e magistrados”.

 

Novas Tecnologias - As inscrições para participar da Aula-Audiência são gratuitas e feitas via internet pelo blog www.relacoestrabalhistas.blogspot.com, mantido pelo magistrado e com canal no Facebook. Utilizando as novas tecnologias o projeto entra em sintonia com os estudantes. “Estamos nos alinhando ao pensamento deles através da mídia eletrônica, e através disso mostramos a eles o estágio em que se encontra o nosso processo, que é de excelência. Não temos mais processo em papel, e nosso processo eletrônico pode ser acompanhado pela internet. Assim eles estão se preparando para entrar nesse mundo do processo aliado às novas tecnologias e já começam a se adequar ao que vão enfrentar na vida profissional”, finalizou.