Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2013 > 05 > Ministro abre Correição na Paraíba e destaca pioneirismo no processo eletrônico

Ministro abre Correição na Paraíba e destaca pioneirismo no processo eletrônico

Correição Ordinária se estenderá até a próxima sexta-feira, 17.

Ações do documento

O ministro corregedor geral da Justiça do Trabalho, Ives Gandra da Silva Martins Filho, fez, nesta segunda-feira, 13, às 16h, a primeira reunião com o desembargador presidente do TRT da Paraíba, desembargador Carlos Coelho, com o vice presidente, desembargador Ubiratan Delgado, e diretores de todas as unidades do Regional, abrindo a Correição Ordinária, que acontecerá até a próxima sexta-feira, 17.

Ele apresentou sua equipe de trabalho e disse que além do desempenho do Tribunal do Trabalho da Paraíba, vai observar o relacionamento interno e com a Primeira Instância. Na reunião citou alguns pontos que serão analisados, entre eles a celeridade processual e a taxa de congestionamento dos processos, além da capacitação realizada pela Escola Judicial. “Acredito que é muito melhor fazer um controle preventivo, que se faz principalmente através da capacitação”.

Ele destacou o pioneirismo do Tribunal do trabalho da Paraíba na implantação do Processo Eletrônico, há quatro anos. “Louvo o empenho do TRT da 13ª Região. Se tem um tribunal que foi pioneiro na informatização dos processos, foi o da Paraíba”.

O ministro vai receber advogados e pessoas que tenham processos em tramitação na Segunda Instância da Justiça do Trabalho da Paraíba e que já pediram o agendamento das audiências. O resultado da Correição Ordinária será apresentado em Ata às 10h da sexta-feira, 17, no auditório do Tribunal Pleno em sessão pública. Ives Gandra confirmou que receberá a imprensa para entrevista coletiva, que será concedida logo após o término dos trabalhos.