Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2013 > 07 > Comissão disponibiliza instruções aos interessados em participar do sistema Teletrabalho

Comissão disponibiliza instruções aos interessados em participar do sistema Teletrabalho

Os gestores interessados devem preencher um requerimento específico via Sispae

Ações do documento

publicado: 02/07/2013 08h55 última modificação: 30/09/2016 10h10

O Tribunal do Trabalho da Paraíba, através da Resolução Administrativa 49/2013, criou a Comissão de Gestão do Teletrabalho (Comget) com a finalidade de implementar a realização do sistema de teletrabalho no Regional. A Comissão requer a atenção dos interessados ao caráter facultativo de adesão, os requisitos, os destinatários, as vedações, o incremento de produtividade, o acompanhamento e os deveres dos servidores autorizados a participar.

Os gestores interessados devem preencher um requerimento informando o nome dos servidores e as metas mensais a serem atingidas. No final de cada trimestre, os campos destinados à avaliação, contidos no mesmo formulário, devem ser preenchidos e enviados vinculado ao protocolo anterior.

O contato direto com a Comissão está disponível através do e-mail comget@trt13.jus.br.

O Sistema

De forma experimental, o Teletrabalho já havia sido implementado no Tribunal do Trabalho da Paraíba desde o final de 2012. No começo deste ano, em sessão administrativa, o Pleno do TRT da aprovou sua implantação através do Ato TRT GP 400/2012. O serviço já é utilizado por diversos órgãos em todo o País e obedece a Resolução nº 109 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

O teletrabalho prioriza o princípio da eficiência na Administração Pública, observada a necessidade de promoção de meios para motivar e comprometer as pessoas com a instituição, especialmente aquelas com habilidades para o auto gerenciamento do tempo e da organização. Sua implantação permite a otimização do trabalho, economizando tempo e custo de deslocamentos dos servidores.

Benefícios

A ferramenta permite o acesso, a qualquer tempo, de qualquer lugar, a todos os sistemas necessários ao trabalho com procedimentos judiciários, sem a necessidade da presença física do servidor na unidade, o que contribui para a melhoria dos programa socioambiental do Tribunal, com redução no consumo de água, esgoto, energia elétrica, papel e outros bens e serviços disponibilizados. Uma das exigências é que os servidores envolvidos aumentem a produtividade em no mínimo 15% em relação aos demais.

O sistema tem por objetivo aumentar, em termos quantitativos e sem prejuízo de qualidade, a produtividade dos trabalhos realizados. Outra característica importante do teletrabalho é que amplia a possibilidade de trabalho das pessoas com dificuldade de deslocamento, com inegável impacto na sua qualidade de vida.