Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2013 > 09 > Presidente do TRT recebe visita de advogados para falar sobre PJe

Presidente do TRT recebe visita de advogados para falar sobre PJe

Comitiva estava acompanhada do gerente de tecnologia do Conselho Federal da OAB

Ações do documento

O presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Carlos Coelho, recebeu a visita de um grupo de advogados paraibanos que vieram conversar sobre o cronograma de implantação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) na Paraíba. Estavam acompanhados pelo gerente de tecnologia do Conselho Federal da OAB, Antônio de Pádua Canavieira.

Um dos objetivos do encontro foi o pedido da OAB de uma demonstração do Processo Eletrônico que o TRT já utiliza há mais de quatro anos. A ideia dos advogados é que Antônio de Pádua possa levar as boas experiências da Paraíba, principalmente no que diz respeito a advocacia, como sugestão para implantação no PJe nacional.

Sobre o cronograma de implantação do PJe definido pelo TRT para as Varas do Trabalho da Paraíba, o desembargador Carlos Coelho explicou que está cumprindo meta do CSJT, que prevê a implantação do novo sistema em 40% das unidades do Regional.

Segundo o desembargador, o que o TRT pode e vai fazer é auxiliar os advogados que tiverem qualquer tipo de dificuldade com o PJe-JT. “Vou conversar, inclusive, com o presidente do Comitê de Implantação do PJe na Justiça do Trabalho da Paraíba, o desembargador Leonardo Trajano”, disse. Lembrou a criação do 'grupo de trabalho e negócios para acompanhamento do funcionamento e expansão do Processo Judicial Eletrônico de 1º e 2º graus', destinado ao atendimento aos usuários e que pode ser contatado por e-mail, atendimentopje@trt13.jus.br e por telefone, 3533.6147, 3533.6074 e 3533.6075.


Estavam no encontro o juiz Lindinaldo Marinho; o secretário-geral da Presidência, Vladimir Azevedo e os advogados José Mário Porto Júnior, vice-presidente da Comissão Nacional de Tenologia da Informação; Walter Agra, membro do Conselho Nacional do Ministério Público; João de Deus Quirino Filho, presidente da subseção da OAB em Cajazeiras; Lincon Bezerra de Abrantes, presidente subseção da OAB em Sousa e José Mário Porto Neto.