Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2013 > 10 > Semana do Judiciário do TRT será aberta às 9h desta quarta

Semana do Judiciário do TRT será aberta às 9h desta quarta

Evento acontece simultaneamente em João Pessoa e Campina Grande

Ações do documento

O presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Carlos Coelho fará, às 9h30 desta quarta-feira, a palestra de abertura da XIII Semana do Judiciário – Semajud. A primeira palestra será proferida pelo desembargador Wolney de Macedo Cordeiro do Tribunal do Trabalho da Paraíba sobre “A Consolidação das Leis dos Trabalho nos seus 70 anos e a Constituição da República nos seus 25 anos: perspectivas para a concretização de um trabalho decente”. O tema será debatido em mesa redonda formada pelos advogados Antônio Cavalcanti, Paulo Antônio Maia e pelo procurador Eduardo Varandas.

O evento acontece até o dia 4 (sexta-feira) e é uma realização da Escola Judicial, coordenado pelo desembargador Eduardo Sérgio de Almeida com o apoio da juíza Herminegilda Leite Machado. Este ano, a Semajud acontece simultaneamente, no auditório do Unipê, em João Pessoa e no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, de Campina Grande.

Tanto em João Pessoa, como em Campina Grande, o credenciamento dos inscritos será feito a partir das 8h, e às 8h30 a mesa será formada. Após o intervalo do almoço haverá exibição de mídias digitais e mais palestras ao longo do dia. Em Campina Grande, a Semajud será aberta oficialmente às 9h pelo vice-presidente do TRT, desembargador Ubiratan Delgado.

 

Quadro

 

Programação – João Pessoa

 

Dia 2/10 - Quarta-feira

A solenidade de abertura será realizado pelo coral 13º Em Canto. Logo após, o desembargador Wolney Macedo ministrará a palestra “A Consolidação das Leis dos Trabalho nos seus 70 anos e a Constituição da República nos seus 25 anos”. Uma mesa redonda finalizará a parte da manhã.

À tarde, logo após a apresentação de trabalhos acadêmicos, terá a exibição de Mídias Digitais com o tema “Pessoas com Deficiência e Mercado de Trabalho”. As 16h30, haverá mais uma palestra com o tema “Trabalho com Redução à Condição Análoga a de Escravo”.

Dia 3/10 - Quinta-feira

A partir das 9h, palestras com os temas “Trabalho escravo contemporâneo” e “Os danos psicológicos decorrentes do trabalho indecente na vida do trabalhador”. Uma mesa redonda finalizará a parte da manhã.

À tarde, será realizada a apresentação de trabalhos acadêmicos e exibição de vídeos. As 15h45, palestra com o tema “Precarização do Trabalho”. As 16h45 haverá mesa redonda.

Dia 4/10 - Sexta-feira

Às 9h, será feita exibição de vídeo com o “Aprisionados por promessas”. Logo após, as palestras “Abordagem sociológica sobre o documentário” e “Protegendo as informações dos litigantes no Processo Eletrônico. As 11h20 haverá mesa redonda.

Pela tarde, serão feitos apresentações de trabalhos acadêmicos e de mídias digitais e em seguida a palestra “A defesa judicial dos grupos socioeconomicamente vulneráveis”. As 16h15 haverá mesa redonda. O evento será encerrado após a leitura da Carta Paraíba.

 

Programação – Campina Grande

 

Dia 2/10 – Quarta-feira

Ás 9h, a palestra “A Consolidação das Leis dos Trabalho nos seus 70 anos e a Constituição da República nos seus 25 anos”. Uma mesa redonda finalizará a parte da manhã.

À tarde, será realizado a apresentação de trabalhos acadêmicos e exibição de vídeos. As 15h15, palestras com os temas “Trabalho escravo contemporâneo” e “Os danos psicológicos decorrentes do trabalho indecente na vida do trabalhador”

Dia 3/10 – Quinta-feira

Ás 9h, palestra com o tema “Trabalho com Redução à Condição Análoga a de Escravo”. As 10h30, será abordado o tema “Pessoas com Deficiência e Mercado de Trabalho”. Uma mesa redonda finalizará a parte da manhã.

À tarde, será realizado a apresentação de trabalhos acadêmicos, mídias digitais e exibição do vídeo “ Aprisionados por promessas”. Logo após, uma palestra com o tema “Abordagem sociológica sobre o documentário”.

Dia 4/10 – Sexta-feira

No último dia da programação, será apresentada a palestra “ Precarização do Trabalho”. As 10h20 haverá mesa redonda e logo após, será feito uma exibição de vídeo.

À tarde, serão feitos apresentações de trabalhos acadêmicos e de mídias digitais, além da palestra “A defesa judicial dos grupos socioeconomicamente vulneráveis”. As 16h15 haverá mesa redonda e ás 17h, será apresentados os resultados dos trabalhos acadêmicos e de mídias digitais. O evento será encerrado após a leitura da Carta Paraíba.