Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 01 > Tribunal cumpre meta e instala processo nacional em oito Varas do Trabalho

Tribunal cumpre meta e instala processo nacional em oito Varas do Trabalho

Unidades pioneiras do PJe-JT também receberam treinamento

Ações do documento

publicado: 07/01/2014 09h02 última modificação: 30/09/2016 11h11

O Tribunal do Trabalho da Paraíba cumpriu o calendário de implantação do novo processo eletrônico, o PJe-JT, definido para o ano de 2013. A última unidade a receber o processo nacional foi a Vara do Trabalho de Cajazeiras.

O Grupo de Trabalho e Negócios do PJe-JT capacitou servidores, magistrados e advogados, orientou sobre as rotinas iniciais da Vara do Trabalho, repassou conhecimento sobre Certificação Digital e mostrou a estrutura interna criada pelo Tribunal para dar suporte presencial e remoto às Varas do Trabalho. Segundo o coordenador de Estatística e do Grupo de Trabalho e Negócios do PJe-JT, Ronaldo Costa, a implantação na VT de Cajazeiras foi tranquila. “O sistema funcionou perfeitamente, atendendo a todas as demandas exigidas pelos instrutores e servidores”.

O PJe-JT foi instalado em oito Varas do Trabalho, cumprindo a meta que estabelecia a implantação do processo em 40% das unidades da Justiça do Trabalho no Estado. O desembargador Leonardo Trajano, que preside o Comitê de Instalação do PJe-JT na Paraíba, agradeceu o empenho dos servidores que trabalharam direta e indiretamente no processo de implantação do novo sistema. “Cumprimos nosso dever e agora estamos à disposição para atender qualquer demanda sobre o PJe-JT”, disse.

Treinamento para as unidades pioneiras

A tarefa no estado foi cumprida pelo Grupo de Trabalho e Negócios para acompanhamento e expansão do Processo Judicial Eletrônico de 1º e 2º graus, com o apoio de vários setores do Regional. Criado pela presidência do TRT através do Ato TRT GP nº 348/2013, cabe ao Grupo o atendimento aos usuários para esclarecimento de dúvidas e resolução de problemas de funcionamento. É responsável ainda pela realização de fóruns de discussão entre os usuários.

Segundo Cláudia Guimarães, que integra o grupo, em todas as unidades onde o PJe-JT foi adotado, os trabalhos estão acontecendo dentro da normalidade. “O grupo está à disposição para qualquer consulta sobre o novo sistema”, disse. O grupo ainda ministrou treinamento nas Varas que primeiro receberam o Processo Judicial Eletrônico Nacional na paraíba, a 1ª e a 2ª Varas de Santa Rita e a VT de Mamanguape.

Varas do Trabalho que tiveram o PJe-JT implantado em 2013:

. Areia

. Itaporanga

. Itabaiana

. Guarabira

. Catolé do Rocha

. Patos

. Sousa

. Cajazeiras