Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 03 > Curso da E-Jud discute "Direito e Sociedade: tópicos contemporâneos de teorias da justiça"

Curso da E-Jud discute "Direito e Sociedade: tópicos contemporâneos de teorias da justiça"

Professor e doutor Filipe Campello ministrou o curso

Ações do documento

Termina nesta sexta-feira, 20, o curso "Direito e Sociedade: tópicos contemporâneos de teorias da justiça", ministrado pelo professor e doutor Filipe Campello. O curso foi aberto na quinta, 19, pelo diretor da Escola Judicial do Tribunal do Trabalho da Paraíba (Ejud), desembargador Eduardo Sérgio de Almeida, que destacou a importância da capacitação para a carreira do magistrado. Na abertura, a participação da vice-diretora da Escola, juíza Herminegilda Leite Machado.

Os desembargadores Ubiratan Delgado, vice-presidente do TRT, Leonardo Trajano e o diretor da Ejud, Eduardo Sérgio, participaram do curso. Os juízes inscritos, de Varas do Trabalho de todas as regiões do estado, somaram 26.

 

Debate

O curso apresentou um panorama sobre o atual debate em torno de teorias de justiça, enfocando três dos mais influente teóricos das últimas décadas: John Rawls, Jürgen Habermas e Axel Honneth. A partir desses autores foram discutidos temas como equidade, razão pública, racionalidade comunicativa, esfera pública, reconhecimento social, limites do procedimentalismo jurídico e liberdade social.

 

Perfil do palestrante

Filipe Campello é doutor em filosofia pela Universidade de Frankfurt com uma tese sobre a relação entre política e afetos. Obteve o mestrado em Filosofia pela PUC-RS e a graduação também em Filosofia pela UFPE. Participou também de projetos de pesquisa em filosofia política, no grupo de estudos em teoria crítica no Instituto de Pesquisas Sociais em Frankfurt, além da participação em diversos eventos internacionais.

Tem publicações no Brasil e no exterior sobre temas como natureza humana, subjetividade, teoria crítica e idealismo alemão. Dentre elas, destacam-se: “A ambivalência do desejo” (In: “Natureza em Hegel”); “Axel Honneth y la renovación de la Teoría Crítica” (In: “Dialogos de teoria critica contemporanea”); “Love, Society and Agape: An Interview with Axel Honneth” (In “European Journal of Social Theory“).