Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 03 > TRT dedica dois dias em comemoração ao Dia da Mulher

TRT dedica dois dias em comemoração ao Dia da Mulher

O evento aconteceu em João Pessoa e Campina Grande

Ações do documento

Durante dois dias, as atenções foram voltadas para as mulheres no Tribunal do Trabalho da Paraíba. Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, foi instalado em João Pessoa e em Campina Grande o “Espaço Mulher”, com estandes de saúde e beleza e também a realização de palestras educacionais voltadas para o público feminino. O evento foi coordenado pela Assessoria de Gestão Estratégica, através do Núcleo de Processo da Qualidade.

Em João Pessoa, homens e mulheres, tiveram a oportunidade de verificar a pressão arterial, fazer teste de glicemia, fazer limpeza de pele e maquiagem e assistir palestras inovadoras. O ginecologista Eduardo Sérgio Borges da Fonseca e a psicóloga clínica Lara Guerra usaram o auditório do Tribunal Pleno para falar sobre dois temas importantes: “A prevenção a Anencefalia” e “A ditadura da beleza”.

O médico Eduardo Sérgio é especialista em medicina reprodutiva e fisiologia fetal. Ele falou sobre a necessidade da prevenção, o aumento da mortalidade e destacou a malformação fetal, parto prematuro e insuficiência placentária. “Fiquei feliz em poder participar deste evento, que foi muito importante por resgatar a importância da mulher na sociedade”, disse.

A psicóloga Lara Guerra falou sobre a cultura da beleza. Deu exemplos dos recursos tecnológicos modernos que vem sendo utilizados pelas mulheres em prol da beleza. Ela mostrou alguns transtornos causados pela busca da beleza perfeita, a exemplo de males, como a bulimia e a anorexia.

Ao final das palestras, o Presidente do TRT, desembargador Carlos Coelho agradeceu aos profissionais que mostraram o lado, onde as mulheres não percebem, mas são levadas pela mídia. “Espero que se conscientizem e que as palestras sirvam como aprendizado”. A Academia de Dança Jazz e Cia fez uma apresentação no hall de entrada do Regional mostrando a coreografia "Mulheres", com direção de Stella Paula e Evana Arruda.

No “Espaço Mulher”, dezenas de mulheres aproveitaram a oportunidade para garantir uma pele mais saudável no estande da Sthetic Sculpy e também ficar mais bonita, nas mãos das maquiadoras de O Boticário, que utilizaram a linha Make B. Elas também foram as compras no estande do Diet Shop, que ofereceu produtos nutricionais e saudáveis.

Especial Mulheres” de Campina Grande atrai grande público

O Fórum Irineu Jóffily, de Campina Grande, também recebeu uma programação especial para comemorar o Dia Internacional da Mulher. Nesta sexta-feira, 14, o evento “Espaço Mulher”, coordenado pela Assessoria de Gestão Estratégica, através do Núcleo de Processo da Qualidade, levou até os servidores palestras, teatro, música e serviços de belezas e tratamentos corporal e estético. A abertura foi realizada pelo diretor geral do TRT, Leonardo Maroja, e teve a participação do assessor da AGE, Max Frederico.

Abrindo as atividades, um musical foi realizado pelo maestro Carlinhos Teles (Cerimonial), Soraia Longo (Central de Mandados) e Adalberto Nascimento (Digitalização), que cantaram as músicas “Eu sei que vou te amar”, de Vinícius de Morais, “Bem que se quis”, de Marisa Monte, “Borbulha de amor”, de Fagner, “Romance da Bela Inês”, de Alceu Valença e “Mulher, sexo frágil”, de Erasmo Carlos.

Em seguida, a juíza Maria Iris, titular da 4ª Vara do Trabalho de Campina Grande, ministrou a palestra “Mulher. Um mundo”, fazendo um breve histórico da luta das mulheres para alcançar direitos iguais na sociedade. “Podemos afirmar que ainda é longo o caminho das mulheres em busca de respeito à sua dignidade pessoal, social e profissional. Muito já conseguimos, porém ainda temos muito a conquistar, e nunca é tarde”, disse.

No auditório do Fórum Irineu Jóffily, o Grupo de Teatro do TRT, “Justiça em Palco”, encenou a peça “A mulher Brasileira e a Luta pelos seus Direitos", que retrata a vida de 4 mulheres de diversos segmentos da sociedade que sofrem algum tipo de violência, no âmbito familiar, pelo desrespeito à dignidade humana e no âmbito profissional, pela supressão dos direitos inerentes ao contrato de trabalho. A encenação foi acompanhada pelas músicas “Entre a Serpente e a estrela”, de Zé Ramalho e “Mulher Brasileira”, de Benito de Paula, cantadas pelo maestro Carlinhos Teles.

As servidoras também puderam visitar os stands de beleza da Boticário e da Clinica Bella Estética Ltda (tratamento corporal e facial), além de se embelezarem no espaço Joana - Studio de Beleza.

O diretor do Fórum, Fábio de Oliveira Lucena, que esta em curso de doutorado em São Paulo, pediu desculpas pela sua ausência e congratulou todas as mulheres e desejou que sejam felizes. “Que as pessoas, sob a proteção de Deus, signifiquem cada vez mais as mulheres”, disse.

Em Campina Grande o evento contou com a colaboração dos servidores Benedito Soares de Araújo (Secretaria do Fórum) e Luzinaldo de Souza Batista (Portaria).