Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 04 > Diário Oficial da União publica aposentadoria do desembargador Vicente Vanderlei

Diário Oficial da União publica aposentadoria do desembargador Vicente Vanderlei

Magistrado atuou por duas décadas no TRT da Paraíba

Ações do documento

O desembargador Vicente Vanderlei participou nesta quinta-feira, 3, da última sessão no Tribunal do Trabalho da Paraíba. A aposentadoria, pedida pelo desembargador, foi publicada no Diário Oficial da União. Da sessão de julgamento da Primeira Turma do TRT, onde aconteceu a despedida de Vicente Vanderlei, participaram os desembargadores Ana Maria Madruga e Leonardo Trajano e as juízas Roberta Saldanha e Margarida Araújo. O procurador Eduardo Varandas representava o Ministério Público do Trabalho.

Durante vinte anos o desembargador Vicente Vanderlei integrou o Tribunal do Trabalho da Paraíba, onde ocupou a Presidência. “Passei, aqui, os 20 anos mais importantes da minha vida. Fui injustiçado, respeitado, querido e odiado. Fui tudo quanto alguém merece por querer fazer o bem no seu trabalho. Só tenho a agradecer a Deus, aos meus colegas e funcionários por toda essa etapa de vida. E muito bem vivida”, disse o desembargador.

Em relação ao futuro, Vicente Vanderlei disse que tem como projeto escrever alguns livros, um deles autobiográfico, “porque inclui momentos profissionais de minha vida”. Quer escrever dois livros sobre literatura de cordel, em uma parceria com o poeta popular Oliveira de Panelas. “Um gênio, um grande poeta”, definiu. O desembargador já recebeu convites para lecionar em duas Faculdades de Direito e disse, ainda, que pode retomar a advocacia. Vai, também, dedicar mais tempo às palestras.

Alimenta a vontade de viajar mais, conhecer novo lugares e rever recantos que marcaram sua vida. “Viajar é a melhor maneira de alargar os horizontes dos olhos e do espírito”, disse. O desejo maior envolve Deus: “Que ele continue sendo o que sempre foi em minha vida: um excelente pai”.

 

Depoimentos na sessão de despedida:

Desembargador Carlos Coelho, presidente do TRT:

“Vivenciamos o sentimento de tristeza pela sua ausência, mas, ao mesmo tempo, a solidariedade e respeito pela decisão tomada por vossa excelência. Desejamos sucesso nesta nova etapa, que contempla outros planos em sua vida. Faremos, ainda, uma sessão de despedida com a participação de todos os integrantes deste tribunal”.

Ana Maria Madruga, desembargadora

“O desembargador Vicente Vanderlei marcou esta corte pelo seu saber jurídico, sua dedicação ao direito, sua inteligência e perspicácia, sua prudência e elegância no trato com todos”.

Leonardo Trajano, desembargador do TRT:

“No pouco tempo de convívio neste Tribunal, deixo o depoimento do aprendizado e da fidalguia de vossa excelência, um homem de inteligência privilegiada, sereno e cordial com os colegas, servidores e advogados. Desejo sucesso para todos os seus planos, na certeza de que não lhe faltam vitalidade e sabedoria”.

Roberta Saldanha, juíza convocada:

“Todos nós temos a obrigação de tratar bem uns aos outros. O senhor vai além, é gentil. Receba os meus desejos de felicidades”.

Margarida Alves de Araújo Silva, juíza convocada:

“Desejo que no decorrer dessa nova etapa de vida as atividades não cessem e que o senhor possa se dedicar a assuntos que gosta e domina muito bem, como o Direito do Consumidor, por exemplo”.

Eduardo Varandas, procurador do Trabalho na Paraíba:

“Mais do que um excelente jurista, o desembargador Vicente Vanderlei é um ser humano excepcional. O Ministério Público do Trabalho se sente muito bem representado pelo senhor. Em algumas ocasiões ponderei sobre essa decisão de vossa excelência. No entanto respeitamos e, agora, desejamos felicidades nessa nova etapa de vida”

Breve perfil:

. Desembargador no Tribunal do Trabalho da Paraíba por 20 anos

. Procurador do Trabalho por 11 anos, onde exerceu os cargos de procurador-geral e corregedor em Brasília, Distrito Federal.

. Professor Universitário nas instituições:

. UDF – Universidade do Distrito Federal

. CEUB – Centro de Estudos Universitários de Brasília.

. Unipê – Centro Universitário de João Pessoa

. Juiz de Direito na Paraíba

. Servidor da Câmara Federal e Senado da República

. Representante do Brasil na Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Genebra, Suiça, em 1993.

. Palestrante na área de Direito (trabalho, consumidor e história do Direito), motivação, vendas e filosofia, sendo convidado, inclusive, para conferências internacionais.