Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 05 > Grupo de teatro do TRT fará apresentações em escolas da rede pública nos dias 21, 22 e 30

Grupo de teatro do TRT fará apresentações em escolas da rede pública nos dias 21, 22 e 30

"O Professor dinâmico e a arte de Educar" será um dos espetáculos apresentados

Ações do documento

publicado: 19/05/2014 08h33 última modificação: 30/09/2016 11h12

O grupo de teatro Justiça em Palco, do Tribunal do Trabalho da Paraíba fará apresentações neste mês de maio em três escolas da rede pública, sendo duas em João Pessoa e uma no município de Lagoa Seca. O proposito é mostrar, através da arte, questões importantes como o o assédio moral, o assédio sexual e o trabalho infantil.

Na quarta-feira, dia 21, será apresentado na Escola Escola Estadual Matheus Augusto, a peça "Mãe sem limites", que fala sobre verbas rescisórias. O espetáculo será às 9h para os alunos e para as mães. De acordo com Maria Evanise Jurema, coordenadora do Programa “Justiça ao Alcance de Todos”, do TRT, será a terceira vez que o grupo de teatro se apresenta na instituição a convite da direção.

“As duas apresentações na Escola tiveram uma receptividade muito boa, tanto que surgiram mais dois novos convites para eventos distintos em que o Grupo levou peças de temas diferentes, criando assim, oportunidade para que os alunos conhecessem assuntos variados e relevantes de direito do trabalho”, disse.

Para essa ocasião, a diretora da Escola Matheus Augusto, Mirtes Gouveia solicitou ao grupo uma peça contendo direitos que ainda não foram mostrados aos alunos nas apresentações anteriores e informou que as mães dos alunos também vão estar presentes.

No dia 22 (quinta-feira), o Grupo Justiça em Palco retornará à Escola Municipal Leonel Brizola, atendendo convite da diretora Socorro Vicente, por indicação das Professoras Terezinha Vaz e Julieta Vilar. Na ocasião serão apresentadas duas Peças: "O Professor dinâmico e a arte de Educar" que destaca questões de Assédio Moral e Assédio Sexual nas relações de trabalho, e "Trabalho Infantil", que retrata a dura realidade de crianças que são obrigadas pelos pais a trabalhar.

Já no dia 30 (sexta-feira), às 9h, haverá apresentação da peça "A Mulher Brasileira e a Luta pelos seus Direitos" na Escola Agrícola Assis Chateaubriand da UEPB, no município de Lagoa Seca/PB, solicitada pelo diretor Messias Firmino de Queiroz, após o contato feito com a Instituição, pela coordenadora do Programa Justiça do Alcance de Todos, Evanise Jurema. A peça abordará questões que envolvem acidente de trabalho, horas extras, adicional noturno e adicional de insalubridade.