Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 08 > Proposta de humanização do Núcleo de Conciliação da Paraíba atrai setor do TRT de Santa Catarina

Proposta de humanização do Núcleo de Conciliação da Paraíba atrai setor do TRT de Santa Catarina

Ações do documento

 

A proposta inovadora de humanização no Judiciário, fundamentada na "Abordagem Centrada na Pessoa", do psicólogo e pesquisador Carl Rogers implantada no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflito (Nucon) do Tribunal do Trabalho da Paraíba atraiu o TRT de Santa Catarina (12ª Região). A juíza do Trabalho Nayara Queiroz Mota, coordenadora do Núcleo recebeu a visita de Cláudio de Macedo, que é servidor especializado e responsável pela coordenação do Núcleo de Conciliação daquele estado.

Um documentário produzido pela Assessoria de Comunicação Social do TRT da Paraíba, que mostra as técnicas humanistas utilizadas no Nucon para incentivar a conciliação, foi apresentado em reunião do Colégio de Presidentes e distribuído com os gestores dos TRTs.

O documentário, que traz também a opinião de partes envolvidas em processos que tramitam nesta Justiça especializada, a exemplo de advogados, empresários e trabalhadores sobre o Nucon, chamou a atenção do TRT 12, que resolveu enviar um representante para conhecer o setor na Paraíba.

Acompanhamento

No TRT de Santa Catarina, o Núcleo de Conciliação é ligado a Secretaria Geral da Presidência, mas que ainda não possui estrutura funcional montada. “Estou em busca de tornar o nosso Núcleo mais atuante. Hoje só atuamos em eventos do Conselho Nacional de Justiça, a exemplo da Semana Nacional de Conciliação e em eventos isolados, quando solicitado”, disse Cláudio de Macedo, destacando que o Nucon da Paraíba responde a todos os seus questionamentos.

Durante dois dias, o servidor do TRT de Santa Catarina acompanhou o trabalho realizado pela juíza Nayara Queiroz e pela equipe do Nucon, que é especializada no atendimento humanizado. “Tive a oportunidade de assistir a uma audiência de conciliação e constatei que é possível aplicar, na 12ª Região, as ideias e a metodologia usadas aqui, que garantem mais de 90% de acertos, disse, lembrando que o diferencial é a eficiência da equipe e o toque pessoal da juíza Nayara Queiroz, que atua com perseverança e dedicação para o engrandecimento do setor.

Proposta

Cláudio de Macedo levará para a 12ª Região a proposta humanística e a estrutural, como a utilização da mesa redonda e a cultura regional retratada nas paredes através da arte. Levará, também, a vontade do querer fazer. “O difícil será montar uma equipe com o mesmo carisma, mas vou tentar”, disse. Em um caderninho, o servidor anotou tudo o que presenciou no Nucon, como pauta, estrutura, PJe-JT, croquis, mobiliário, obras de arte e outros detalhes.

A juíza Nayara Queiroz mostrou ao visitante que a prática utilizada no Nucon da Paraíba tem trazido resultados positivos para a proposta conciliatória e ampliado o acesso à Justiça, na medida em que favorece o diálogo, o bem-estar das partes e advogados e aproxima o Poder Judiciário da sociedade, conforme foi registrado nos depoimentos de partes, advogados e membro do Ministério Público do Trabalho, gravadas no documentário, que mostra a satisfação com o atendimento prestado pela equipe. "Com a implantação do quadro humanístico, o que buscamos é toda uma preparação psicológica para que a conciliação aconteça", explicou a magistrada.