Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 10 > Corregedoria reúne magistrados para apresentar cronograma de implantação do PJe-JT com desdobramentos

Corregedoria reúne magistrados para apresentar cronograma de implantação do PJe-JT com desdobramentos

Implantação definitiva em João Pessoa está programada para acontecer no dia 17/11

Ações do documento

 

Depois de conhecer o Projeto Celeridade e todos os preparativos já executados para a implantação definitiva do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho – PJe-JT, o novo patrocinador do projeto, juiz Paulo Henrique Tavares da Silva se reuniu com os juízes titulares das Varas do Trabalho de João Pessoa. O objetivo da reunião foi dar ciência e esclarecer eventuais dúvidas em relação ao procedimento de implantação e as implicações dele decorrentes.

O presidente do TRT, desembargador Carlos Coelho participou do encontro, onde apresentou aos magistrados o objetivo da reunião. O juiz Paulo Henrique Tavares falou sobre o blog interativo que será instalado no site do Tribunal contendo todas as informações necessárias acerca do PJe-JT, a exemplo de dicas de utilização, reportagens e esclarecimento sobre o processo, bem como outras dúvidas. A confecção do blog está sendo feita pela Assessoria de Comunicação Social (ACS) juntamente com a Secretaria de Tecnologia da Informação (Setic).

A instalação do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) em João Pessoa começou efetivamente no dia 7 de outubro, com o treinamento dos advogados que compareceram ao Auditório do Fórum Maximiano Figueiredo, nos turnos da manhã e da tarde e sua implantação definitiva em João Pessoa está programada para acontecer no dia 17 de novembro de 2014. Nesta sexta, dia 17, estará sendo realizado o Wokshop de sensibilização dos servidores para implantação do PJe-JT. O evento acontecerá no auditório do Fórum Maximiano Figueiredo a partir das 9h.

Reunião

Estiveram presentes na reunião o presidente e corregedor do TRT, desembargador Carlos Coelho de Miranda Freire, o juiz Paulo Henrique Tavares da Silva (patrocinador do Projeto Celeridade e Titular da 5ª Vara do Trabalho de João Pessoa), os servidores Marcelo de Castro Reis (secretário da Corregedoria), Dinalva Lúcia Fernandes Pereira Torres (coordenadora do Projeto Celeridade), Agenor da Costa Júnior (coordenador da Implantação do PJe-JT em João Pessoa), além dos juízes das Varas da Capital Solange Machado Cavalcante (titular da 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa), Rita Leite Brito Rolim (titular da 6ª Vara do Trabalho de João Pessoa), Arnaldo José Duarte do Amaral (titular da 9ª Vara do Trabalho de João Pessoa), Normando Salomão Leitão (titular da 7ª Vara do Trabalho de João Pessoa) e Rômulo Tinoco dos Santos (titular da 8ª Vara do Trabalho de João Pessoa).

Além da apresentação do cronograma e seus desdobramentos, os magistrados envolvidos puderam tirar suas dúvidas e apresentar reivindicações e sugestões a respeito do funcionamento das unidades durante a semana em que os trabalhos no Fórum Maximiano Figueiredo permanecerão paralisados, em decorrência do Treinamento Geral dos servidores e magistrados.

O presidente e corregedor do TRT, já despachou no intuito de prover o Fórum Maximiano Figueiredo de todos os recursos necessários ao bom andamento dos trabalhos de implantação do PJe-JT e, dentre as determinações estão as que se seguem:

 

- Funcionamento da Central de Atendimento (CENATEN) apenas para captação de procedimentos judiciais de urgência com dois servidores e mais um servidor da Secretaria da Corregedoria;

- O bloqueio do ajuizamento das ações via SUAP será efetivado pela Setic às 8h do dia 17/11/2014;

- A Setic está diligenciando, junto às unidades interessadas, no intuito da aquisição por todos os magistrados, da segunda mídia;

- A Secretaria Geral da Presidência está estudando a viabilidade em manter uma maior quantidade de Juízes Substitutos no período de implantação/utilização do novo Sistema, no Fórum Maximiano Figueiredo;

- O treinamento geral dos servidores acontecerá de 10 a 14 de novembro no auditório do Fórum Maximiano Figueiredo, com a parte teórica pela manhã e a parte prática nas unidades de origem, no período da tarde.

- O treinamento geral dos magistrados acontecerá de 12 a 14 de novembro no Laboratório de Informática do Fórum Maximiano Figueiredo.