Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 10 > Novo presidente do TRT será empossado no dia 7 de janeiro

Novo presidente do TRT será empossado no dia 7 de janeiro

Desembargadores Ubiratan Delgado e Eduardo Sérgio foram eleitos no último dia 16

Ações do documento

Está confirmada para o dia 7 de janeiro a posse da nova mesa diretora do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região). Os desembargadores Ubiratan Delgado e Eduardo Sérgio de Almeida foram eleitos, no último dia 16, presidente e vice do Regional para um mandato que vai de janeiro de 2015 a janeiro de 2017. Também foram eleitos os presidentes das 1ª e da 2ª Turmas de Julgamento, desembargador Leonardo Trajano e Francisco de Assis Carvalho e Silva, que foi reconduzido.

O novo ouvidor será o desembargador Leonardo Trajano e o substituto, o desembargador Edvaldo de Andrade. Os novos dirigentes da Escola Judicial (EJud), são o desembargador Wolney Cordeiro, diretor e o juiz Paulo Henrique Tavares, vice-diretor.

Os novos membros da Comissão de Jurisprudência são os desembargadores Wolney de Macedo Cordeiro, presidente e os desembargadores Ana Maria Madruga e Carlos Coelho, membros. Na Comissão do Regimento Interno vão atuar a partir de janeiro o desembargador Francisco de Assis Carvalho, como presidente e os desembargadores Edvaldo de Andrade e Eduardo Sérgio, como membros e na Comissão de Vitaliciamento, os desembargadores Ana Maria Madruga, como presidente e os desembargadores Francisco de Assis carvalho e Silva e Wolney Cordeiro, como membros.

Em janeiro de 2015 termina o mandato do desembargador presidente Carlos Coelho e do vice-presidente, desembargador Ubiratan delgado. Na Justiça do Trabalho da Paraíba, o presidente acumula o cargo com o de corregedor regional.

 

Desembargador Ubiratan Moreira Delgado

Breve perfil

O desembargador Ubiratan Moreira Delgado concluiu o curso de Direito pela Universidade Federal da Paraíba no ano de 1986. Foi advogado militante nas Justiças Comum, Federal, Eleitoral e do Trabalho de 1986 a 1989 e procurador do Estado da Paraíba.

Em 1989 foi aprovado em concurso para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto no Tribunal do Trabalho da Paraíba. Atuou como juiz substituto até 1993, quando passou à titularidade. No TRT foi convocado em substituição aos desembargadores Ruy Eloy, Ana Maria Madruga, Vicente Vanderlei, Francisco de Assis Carvalho e Silva, Edvaldo de Andrade e Ana Clara Nóbrega.

Tomou posse como desembargador no TRT paraibano no dia 17 de dezembro de 2010 e atualmente exerce o cargo de vice-presidente.

É doutorando em Direito Social pela Universidade Castilla de La-Mancha, na Espanha. É coautor do livro Ação Rescisória (capítulo), em curso de processo ao trabalho, organizado pelo juiz Luciano Ataíde Chaves. São Paulo: LTR 2009, PP.1177/1214.

Foi presidente da Amatra da 13ª Região (Paraíba), na gestão 1992/1994. É professor do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) desde 1988, onde leciona a disciplina Direito do Trabalho. Na Universidade Estadual da Paraíba lecionou por dois anos, de 1995 a 1996, a disciplina de Direito Processual do Trabalho. Também foi professor da Escola Superior da Magistratura Trabalhista, Esmat 13 por seis anos.

 

Desembargador Eduardo Sérgio

Breve perfil

O desembargador Eduardo Sérgio de Almeida concluiu o curso de Direito pela Universidade Federal de Pernambuco no ano de 1975. Foi advogado militante por mais de 13 anos, trabalho iniciado ainda como estudante, em 1974.

Aprovado no concurso para juiz do trabalho na Paraíba, assumiu o cargo no ano de 1987, atuando, como titular, nas Varas do Trabalho de Guarabira, Itabaiana e 7ª Vara de João Pessoa. Assumiu o cargo de desembargador no Tribunal do Trabalho da Paraíba em setembro de 2011.

Antes da magistratura foi advogado da Fundação de Ensino Superior de Pernambuco – FESP, atualmente Universidade de Pernambuco, no período de 1977 a 1987. Foi procurador Judicial do Município do Recife de 1982 a 1987 e ex-professor de Introdução ao Direito nas Faculdades Integradas do Recife (FIR).

Foi aprovado em concurso público para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para procurador Judicial do Município do Recife e para Juiz do Trabalho Substituto do TRT-PB.

É mestre em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (2003) e pós-graduado em Filosofia, também pela UFPE. Tem outra pós-graduação, essa na área do Direito do Trabalho e pela Universidade Castilla La Mancha, na Espanha (2008).