Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2014 > 11 > Semana Nacional da Conciliação começa com mais de 320 audiências agendadas

Semana Nacional da Conciliação começa com mais de 320 audiências agendadas

Presidente do TRT, desembargador Carlos Coelho abriu, oficialmente, o evento no Fórum de João Pessoa

Ações do documento

A VIII Semana Nacional da Conciliação começou na Paraíba com centenas audiências para tentativa de conciliação agendadas. Só em João Pessoa o número já chega a 321 e desde às 8h da manhã de hoje, estão acontecendo no Núcleo de Conciliação do Tribunal (Nucon). A Semana Nacional da Conciliação é realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e envolve toda a Justiça Brasileira.

Em Campina Grande foram agendadas 128 audiências de conciliação, que já estão acontecendo e sendo presididas pela juíza Flávia Assunção, coordenadora da Central de Mandados. Dessas, 36 estão acontecendo na própria Central de Mandados e 92 vão ser realizadas nas 5 Varas do Trabalho do Fórum Irineu Joffily.

Em João Pessoa o evento foi aberto pelo presidente do TRT, desembargador Carlos Coelho, com a presença de juízes, advogados, partes e servidores do Tribunal. “Conciliar é um ato prazeroso e a luta pela conciliação sempre fez parte do Regional paraibano. Hoje temos um setor competente e especializado, que é muito bem conduzido pelos juízes Nayara Queiroz Mota e Carlos Hindemburg. É o nosso Nucon, que a Paraíba oferece ao Brasil”, disse.

A coordenadora do Nucon, juíza Nayara Queiroz Mota agradeceu aos advogados e partes que estão interessados em fazer acordos, ato demonstrado no agendamento das audiências. “Lançamos o projeto Conciliação Privilegiada que está resgatando os processos que estavam pautados para a sentença e revertendo para a conciliação”, disse, destacando a equipe do Núcleo que foi capacitada para oferecer um trabalho diferenciado.

O projeto que está sendo executado recebeu o nome de “Conciliação Privilegiada: uma tentativa de solução dos conflitos por decisão das partes” e está inserido na prática humanista adotada pelo Nucon. A pergunta feita pelo projeto já envolve as partes na busca pelo entendimento: “Você sabia que pode solucionar seu conflito antes do juiz?”

Primeiro acordo

Na primeira audiência do dia realizada no Nucon, as partes chegaram a um acordo, viabilizando o pagamento de dívidas trabalhistas em um processo do ano de 2012. Até a próxima sexta-feira (28), todas as Varas do Trabalho do Estado e o Núcleo de Conciliação (Nucon), estarão recebendo as partes envolvidas em processos para a tentativa de acordos.

Depoimentos:

Antônio Carlos Simões Ferreira – Advogado da J.C Construção Ltda.

“Fiquei totalmente satisfeito com o acordo realizado. A juíza Nayara Mota conseguiu conciliar, um processo da J.C Construção Ltda, que tramitava desde 2002. Conciliamos com um valor razoável e o reclamante também ficou satisfeito. O Nucon foi muito importante para se chegar a esse entendimento”.

José Carlos Alexandre – Empresário da J.C Construção Ltda.

“Foi uma grande satisfação estar aqui diante da Justiça, no Nucon e conseguir solucionar o conflito com êxito. O resultado foi positivo, tanto para a empresa, quanto para o recamante. Através da juíza Nayara Mota, se chegou a um bom senso”.

José de Lima Filho – Trabalhador (Reclamante)

“Saio daqui satisfeito, porque essa causa já tramitava na Justiça do Trabalho há 10 anos. Eu fiz acordo com o meu ex-patrão e foi muito bom para os dois”.